Topo

Esporte

Lomachenko vence Rigondeaux com facilidade e mantém cinturão mundial de boxe

Ag. Fight

Ag. Fight

10/12/2017 04h26

No confronto entre bicampeões olímpicos de boxe, Vasyl Lomachenko levou a melhor diante de Guillermo Rigondeaux na madrugada deste domingo (10), em Nova York (EUA), e venceu por desistência do seu oponente do sexto para o sétimo round. Com o triunfo, o ucraniano garantiu a manutenção do cinturão mundial peso-super-pena pela Organização Mundial de Boxe.

Aos 29 anos, Lomachenko alcançou sua décima vitória como atleta profissional de boxe, que também conta com um revés. O ucraniano foi superior durante todo o confronto e foi declarado vencedor após Rigondeaux alegar lesão na mão esquerda para não conseguir mais lutar antes do início do sétimo assalto.

Mais rápido, ágil e técnico, Lomachenko não deu grandes brechas para o cubano. Além disso, Rigondeaux também sofreu com a diferença de tamanho, já que está acostumado a atuar duas categorias abaixo da que encarou o ucraniano.

"Ele é um bom lutador. É um lutador top. Ele é um rei no boxe, mas um rei na sua categoria. Não era seu peso, então não é uma grande vitória para mim, porque não era a sua categoria", afirmou Lomachenko logo após a vitória.

Rigondeaux foi campeão olímpico nas edições de Sydney, em 2000, e Atenas, em 2004. Essa foi a primeira derrota como profissional na carreira do cubano, que soma 17 vitórias, sendo 11 por nocaute.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte