Topo

MMA

Dana White ameaça processar Pacquiao por negociação com McGregor

Michael Reaves/Getty Images
Dana White Imagem: Michael Reaves/Getty Images

Ag. Fight

11/12/2017 10h59

Conor McGregor deu um tempo no MMA para se aventurar nos ringues em agosto deste ano, em uma superluta de boxe contra Floyd Mayweather. Depois de ter sido nocauteado no décimo round, o irlandês era esperado para retornar ao octógono e unificar o título da divisão peso-leve (70 kg) do UFC, o que ainda não aconteceu. Com essa incerteza no ar, os desafios para que o 'Notorious' volte a se arriscar como pugilista não param de chegar, e quem não tem ficado satisfeito com isso é o presidente do Ultimate, Dana White.

Depois do UFC Fresno, nesse sábado (9), nos Estados Unidos, o mandatário da maior organização de MMA do mundo falou sobre a possibilidade de McGregor voltar aos ringues contra Manny Pacquiao, já que o próprio filipino adiantou já ter procurado a equipe do irlandês para negociar o combate. Mas, ao contrário do que aconteceu com 'May x Mac', Dana White parece não estar disposto a se envolver nessas novas negociações e não espera que a superluta se concretize.

"Isso seria estranho, por causa do seu contrato conosco. Se isso for verdade, eu vou processar Manny Pacquiao e quem quer que o represente", atacou o cartola.

Entretanto, não há confirmação de quando o atual campeão dos leves deve retornar ao octógono. Com Tony Ferguson possuindo o cinturão interino da categoria, é esperado que o próximo compromisso de McGregor seja contra o americano, que passou por uma cirurgia no cotovelo recentemente. A última atuação do irlandês pelo Ultimate foi em novembro de 2016, quando conquistou o título da divisão.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!