Topo

Esporte

Holloway se compara a Kobe Bryant para projetar futuro no MMA; entenda

Ag. Fight

Ag. Fight

11/12/2017 13h09

Max Holloway se sustentou no topo com a sua vitória contra José Aldo no UFC 218, que aconteceu no último dia 2, em Detroit (EUA), e defendeu o título dos penas (66 kg). Mesmo reconhecendo tudo que o brasileiro fez pela divisão e pelo MMA, 'Blessed' quer provar que é o melhor lutador que sua categoria já teve. Por isso, o atual campeão se comparou ao ex-jogador de basquete Kobe Bryant para explicar o que espera para o seu futuro no esporte.

O americano explicou que tem como objetivo se superar a cada vez que sobe no octógono, e isso incluem as revanches que ainda podem estar por vir. Portanto, assim como Bryant fazia nas quadras quando ativava o seu "modo Mamba" (expressão criada pelo próprio atleta para o momento em que ele 'virava a chavinha' e parecia imparável em quadra), Holloway quer provar que é um dos maiores do MMA.

"Esses caras são animais. Quando o Kobe está em seu Modo Mamba, ele é um animal. Ele não se importa em ganhar uma vez. Ele vai te destruir, ele vai jogar com você 100 vezes só para provar que: 'Você é péssimo, eu sou o melhor'. E essa é a mentalidade que eu tenho, eu sempre digo: 'Se eu te bati uma vez, a segunda vez vai ser pior. Na terceira, vocês deveriam pensar em não assinar o contrato'. Porque a terceira vez vai ser horrível, mas se eles quiserem mesmo assim, então bem-vindos a era Blessed pela terceira vez", explicou o atual campeão, em entrevista ao site 'TMZ Sports'.

"Kobe, LeBron , Tiger Woods, todos eles têm esse pensamento matador, eles querem ser os melhores. E eles são maiores que os seus esportes. LeBron é maior que a NBA, Kobe é maior que a NBA. Tiger Woods é o maior. Serena Williams é muito mais que o tênis, ela é maior. Eles não se moldam ao esporte, eles sabem que são os melhores e querem provar. É muito difícil reconhecer que você é humano, mas saber que você é melhor que todo o resto. Você precisa de autoconfiança, mas você precisa disso em tudo que você faz".

Para manter o seu cinturão, Holloway nocauteou Aldo no terceiro round em uma performance similar a que teve no primeiro encontro entre os dois, em junho passado. Com essa vitória, o americano atingiu a marca de 12 confrontos consecutivos sem perder no UFC.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte