Topo

Esporte

Em outra divisão, Shevchenko admite obsessão por Amanda: "Negócios inacabados"

Ag. Fight

Ag. Fight

12/12/2017 13h56

Com a criação do peso-mosca (57 kg) feminino no UFC, algumas lutadoras já contratadas pela entidade se preparam para estrear na nova divisão. Como é o caso de Valentina Shevchenko, que deixará o peso-galo (61 kg) para atuar com o novo peso. Apesar da mudança de ares, a atleta ainda não superou o seu último encontro com Amanda Nunes, no UFC 215, em setembro. Por isso, mesmo descendo de categoria, a especialista em kickboxing garantiu que pretende reencontrar a atual campeã dos galos para encerrar este capítulo com a sua rival.

A última atuação de Valentina terminou com um gosto amargo para a lutadora. Isso porque a atleta natural do Quirguistão enfrentou a atual campeã do peso-galo, mas acabou derrotada por decisão dividida dos juízes laterais. Em entrevista ao programa 'MMA Hour', Valentina revelou que não considera a sua história com a brasileira encerrada e pretende enfrentá-la mais uma vez - foram duas derrotas em dois confrontos.

"Isso está na minha mente o tempo todo. Temos negócios inacabados, Amanda e eu. Mas agora o meu foco é o peso-mosca e depois disso, eu garanto que vamos voltar e falar sobre ela de novo", assegurou a nova peso-mosca.

A lutadora ainda não tem uma data para a sua primeira luta na nova categoria, mas já mira objetivos altos. A quirguistanesa mira um duelo com a vencedora da última edição do 'The Ultimate Fighter', Nicco Montaño, que conquistou o cinturão inédito na final do reality show. Valentina garantiu que o peso-mosca será favorável para que ela se torne campeã, já que enfrentará adversárias do mesmo tamanho que ela.

"Claro que quero lutar pelo título de novo, mas agora como mosca. Não me importa se vou ter que lutar uma vez antes disso. Eu vou fazer isso. O meu principal objetivo é ser campeã. Eu saí dos 61 kg para os 57 kg e o meu foco é o mesmo, ser campeã. Acho que lutando com oponentes do mesmo tamanho vai me favorecer para mostrar mais técnicas e habilidades. É isso que quero mostrar, uma luta linda com lindas técnicas", prometeu a atleta.

Atleta do UFC desde 2015, Valentina só perdeu em duas ocasiões no octógono. Em seus dois revezes, a atleta natural do Quirguistão foi derrotada por decisão dos juízes laterais para Amanda.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte