Esporte

Luke Rockhold menospreza chance de Kelvin Gastelum em luta pelo cinturão

Ag. Fight

Ag. Fight

15/12/2017 12h47

Luke Rockhold terá uma oportunidade de reconquistar o cinturão dos médios (84 kg) ao enfrentar Robert Whittaker na luta principal do UFC 221 - marcado para fevereiro, em Perth (Austrália). Depois de rumores que o próximo desafiante do atual campeão seria o algoz de Michael Bisping na China, Kelvin Gastelum, o americano revelou que está aliviado em ter feito o suficiente para conseguir a sua chance.

Para o ex-campeão, Gastelum não fez o suficiente para merecer uma chance no topo da categoria, ao contrário do próprio lutador. Em entrevista ao programa 'Submission Radio', Rockhold garantiu que se livraria do jovem atleta rapidamente, caso eles se encontrassem no octógono.

"Sei que provei a minha capacidade. Conquistei coisas nesse esporte, coisas que o filho da p*** do Kelvin Gastelum não conquistou. Eu destruí Chris Weidman, e ele foi destruído pelo Weidman. Esse garoto não bateu realmente em ninguém e não fez nada pelo esporte. Então, ele começar a ser um falastrão é realmente muito engraçado. É hilário. Ele vai descobrir se ele manter os seus esforços no peso-médio. Eu acabaria com essa criança, muito rápido. Muito rápido", prometeu o americano.

Depois que Georges St-Pierre deixou o cinturão linear vago, o australiano se tornou o único campeão dos médios. Sem a necessidade da categoria ser unificada, Rockhold conquistou uma oportunidade de recuperar o título que já o pertenceu. Por isso, o americano ressaltou que Whittaker já realizou muitos feitos pelo MMA e tem muitas habilidades para se sustentar no topo.

"Whittaker está sendo o campeão por muito tempo, então ele é o objetivo, claro. O melhor é sempre o objetivo, chegar no topo é a meta. E o Whittaker provou do que é capaz há muito tempo. Ele tem se mantido no topo, ele bateu nos melhores caras, ele é o cara. Quero lutar com Whittaker. Quero lutar com o melhor. Sou realista e agora eu sei que nem Georges St-Pierre e nem Michael Bisping lutaria com a gente mais. Eu respeito Whittaker por aceitar lutar comigo. Ele é um verdadeiro campeão e vai lutar com o desafiante número um", opinou o ex-campeão.

O americano se tornou o campeão em 2015, ao nocautear Chris Weidman. Em sua primeira defesa do cinturão, Rockhold acabou derrotado por Michael Bisping, após sofrer um nocaute ainda no primeiro round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo