Topo

Esporte

Santiago Ponzinibbio se defende de acusação de golpe ilegal: "Nunca trapaceei"

Ag. Fight

Ag. Fight

15/12/2017 17h38

Depois de lutar em julho passado contra Gunnar Nelson, Santiago Ponzinibbio foi acusado pelo seu adversário de ter usado um golpe ilegal no momento que lhe garantiu a vitória. O islandês alegou que foi derrotado porque seu rival acertou seu olho com os dedos logo antes de iniciar a sequência que o levaria a nocaute. Depois dessas acusações, o argentino se defendeu e questionou as razões pelo pronunciamento tardio do seu oponente.

Prestes a retornar ao octógono no UFC Canadá - evento que acontece neste sábado (16), na cidade de Winnipeg -, Santiago garantiu que conseguiu nocautear o seu oponente de forma limpa e precisa. Além disso, em conversa com os jornalistas nesta quinta-feira (14) durante o 'media day' do evento, o argentino argumentou que conseguiu todas as suas vitórias na carreira sem aplicar golpe ilegal algum.

"Ele não falou nada na luta, não entendi. Depois da luta, ele só disse que eu trapaceei. Eu tenho 14 lutas pela Zuffa e nunca fiz nada ilegal. Ele não tem nada dessa luta. Depois do combate, ele começou a falar. Ele foi nocauteado pela minha mão direita, muito forte. Eu o nocauteei", defendeu-se o lutador.

O próximo compromisso do argentino será contra Mike Perry, que possui um estilo parecido com o de Santiago. Apesar dos dois atletas serem grandes trocadores, 'El Rasta' garantiu que tem confiança de sobra para conseguir mais um nocaute em sua carreira - resultado este que seria o destino que qualquer oponente que cruze o seu caminho.

"Somos dois trocadores, as pessoas gostam disso. Mas sou melhor. Sou melhor que esse cara em tudo. Eu vou finalizá-lo. Sei que vou finalizar qualquer um da divisão. Qualquer um que lute comigo, vou finalizar. Estou pronto para acabar com todas as lutas nessa divisão. Estou pronto para ser o próximo campeão dos médios. Se eles me derem o título, vou querer o título amanhã. Hoje. Estou pronto para ser o campeão. Se o UFC me oferecer, eu aceito. Se o UFC me der mais dez lutas antes disso, tudo bem. Terei 16 vitórias seguidas, antes de disputar o cinturão", prometeu o atleta.

Atleta do UFC desde 2013, Santiago acumula apenas duas derrotas na maior organização de MMA do mundo. Seu melhor resultado no octógono é o seu histórico mais recente, com cinco vitórias consecutivas no Ultimate, sendo que três foram nocautes aplicados ainda no primeiro round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte