Topo

MMA

Erick Silva decepciona de novo, perde no UFC Canadá e pode ser demitido

Marcelo de Jesus/UOL
O lutador brasileiro Erick Silva Imagem: Marcelo de Jesus/UOL

Ag. Fight

16/12/2017 21h51

Explosivo, ágil e nocauteador, Erick Silva não demorou para ganhar o status de fenômeno e nova grande promessa do MMA nacional ainda e 2011, ano de sua estreia avassaladora no UFC. No entanto, passados seis anos recheados de altos e baixos, o 'Tigre' atravessa a pior fase de sua carreira e corre sério risco de ser cortado do evento.

Neste sábado (16), o brasileiro de 33 anos foi superado por Jordan Mein no card preliminar do UFC Canadá e anotou sua quarta derrota em suas cinco últimas lutas na organização. Desta forma, a continuidade de seu contrato com o torneio parece cada vez mais improvável.

Disposto a trocar em pé, o canadense encontrou primeiro o tempo de entrada e a distância exata para impor seu ritmo. Com isso, seus diretos de esquerda abriram caminho para a conquista do domínio territorial, o que lhe garantiu a vantagem parcial no primeiro assalto.

Nas etapas seguintes, Erick foi derrubado no clinche, e uma vez por baixo não conseguiu raspar ou prosseguir com suas tentativas de finalização. Melhor para Mein, que sobrou no ground and pound e garantiu fácil vitória na decisão unânime dos jurados.

Lutas rápidas

Outros grandes destaques do card preliminar do penúltimo show do UFC na temporada 2017, os rápidos nocautes anotados no octógono levantaram a torcida presente no ginásio MTS Centre, na cidade de Winnipeg. Entre eles, Chad Laprise nocauteou Galore Bofando no 1º round, assim como Nordine Taleb, que não precisou de mais do que cinco minutos para dar cabo ao rival Danny Roberts.

Além deles, o peso-médio (84 kg) italiano Alessio Di Chirico travou duelo empolgante com o ex-rival de Paulo 'Borracinha' Oluwale Bamgbose, que desabou com uma joelhada no queixo na segunda etapa da disputa.

Acompanhe os resultados do UFC  Canadá:

Chad Laprise nocauteou Galore Bofando no 1º round;
Nordine Taleb nocauteou Danny Roberts no 1º round;
John Makdessi venceu Abel Trujillo por decisão unânime;
Alessio Di Chirico nocauteou Oluwale Bamgbose no 2º round;
Jordan Mein venceu Erick Silva por decisão unânime.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!