MMA

Glover Teixeira nocauteia e pede por cinturão do UFC; Santiago também vence

Ag. Fight

Ag. Fight

17/12/2017 00h04

Realizado neste sábado (16), o card do UFC Canadá contou com o retorno de Glover Teixeira ao octógono, que encarou Misha Cirkunov após ter sido nocauteado por Alexander Gustafsson em maio passado. E em duelo em que precisou colocar o plano B em ação, o brasileiro liquidou a fatura ainda no primeiro assalto e voltou a se colocar em rota de colisão rumo ao título dos meio-pesados (93 kg).

Depois de levar a pior em pé diante de um rival mais solto do que de costume com chutes e joelhadas, o veterano de 38 anos lançou mão de seu afiado jogo de jiu-jitsu e derrubou, pegou as costas e iniciou uma sequência de socos em um indefeso oponente, que deu os três tapinhas no chão enquanto era atropelado no octógono.

"O Cormier treinou ontem e disse que se eu vencesse de forma espetacular, ele me daria uma chance. Sei que não depende dos lutadores, mas acho que os fãs querem isso. Vocês não querem isso? Cormier, somos da velha guarda, vamos fazer isso", afirmou o brasileiro com largo sorriso no rosto.

Em abril de 2014, Glover disputou o cinturão contra Jon Jones após colecionar cinco triunfos seguidos no evento. Naquela ocasião, o brasileiro foi superado por decisão unânime e, desde então, busca por uma nova oportunidade de disputar o cinturão da categoria. Curiosamente, a lesão de Alexander Gustafsson e a aposentadoria de Anthony Johnson abrem caminho para tal encontro.

Vale lembrar, porém, que o campeão Cormier tem encontro marcado contra Volkan-Oezdemir no próximo dia 20 de janeiro, em Boston (EUA). Caso vença, seu duelo contra o brasileiro passa a fazer sentido.

Uma luta antes, Santiago 'Gente Boa' Ponzinibbio travou uma guerra espetacular contra Mike Perry. Ciente do poder de nocaute do americano, o argentino passou o primeiro round se movimentando e trabalhando com chutes baixos para minar a movimentação do oponente.

A estratégia deu certo na segunda etapa, quando o ritmo de ataques do rival caiu e Santiago sobrou em volume de golpes. com sequências de cruzados e diretos, o argentino chegou a balançar o oponente e deixou a disputa em aberto para o terceiro assalto.

No último giro, porém, o que fez a diferença foi a luta de chão. Com duas quedas, o argentino mais uma vez sobrou e dominou as ações com um justo ground and pound. Essa é a sexta vitória seguida de Ponzinibbio, que não tardou em pedir por uma chance de disputar o título da categoria dos meio-médios (77 kg).

"Obrigado pela oportunidade, provei que sou lutador. Me de uma luta que eu encaro. Sou número dez do ranking, eo Perry também. Luto com qualquer um, já venci o número oito. Eu sou um lutador, e minhas lutas são boas. Sei que o Tyron Woodley está machucado, me dê uma chance de lutar pelo cinturão interino com o vencedor de Lawler e Dos Anjos", pediu.

Confira os resultados do UFC Canadá:

Santiago Ponzinibbio venceu Mike Perry por decisão unânime;
Glover Teixeira nocauteou Misha Cirkunov no 1º round;
Jan B?achowicz venceu Jared Cannonier por decisão unânime;
Julian Marquez finalizou Darren Stewart no 2º round;
Chad Laprise nocauteou Galore Bofando no 1º round;
Nordine Taleb nocauteou Danny Roberts no 1º round;
John Makdessi venceu Abel Trujillo por decisão unânime;
Alessio Di Chirico nocauteou Oluwale Bamgbose no 2º round;
Jordan Mein venceu Erick Silva por decisão unânime.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
UOL Esporte - MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo