Topo

MMA

Rafael dos Anjos atropela Robbie Lawler e pede por cinturão do UFC

John Woods/The Canadian Press via AP
Rafael dos Anjos desfere cotoveladas em Robbie Lawler, na principal luta do UFC Winnipeg Imagem: John Woods/The Canadian Press via AP

Ag. Fight

Ag. Fight

17/12/2017 01h22

A luta principal do UFC Canadá, evento realizado neste sábado (16), colocou frente a frente o brasileiro Rafael dos Anjos e o ex-campeão dos meio-médios (77 kg) Robbie Lawler, em duelo que por si só valeu o ingresso para a noitada de lutas. E melhor para o brasileiro, que deu show dentro do octógono e espantou o favoritismo do adversário.

Com uma aula de tática, RDA sobrou do início ao fim e impôs seu estilo diante de um rival mais forte e pesado. Para isso, ele abusou de sua maior velocidade e volume de golpes, fruto dos anos de experiência como peso-leve (70 kg) dentro do octógono.

Ao final dos cinco assaltos, com a vitória em todas as etapas, Rafael rapidamente pediu pelo cinturão, que hoje está em poder de Tyron Woodley, que em sua última apresentação venceu Demian Maia por pontos.

"Estou muito feliz, estou nesse jogo por muito tempo. Foi um prazer lutar com um guerreiro como o Lawler. Minhas mãos estão machucadas porque bati muito nele. Eu estava em um condicionamento muito bom, e vi que ele estava duro, então comecei a trabalhar no corpo. Sou abençoada por ter meus parceiros de treino comigo. Acabei de bater o cara mais duro da divisão, pela história que eu já fiz, dez anos no UFC, mereço uma luta pelo cinturão".

A luta

Logo no assalto inicial, Rafael mostrou que estudou o jogo do oponente a fundo. Usando sua maior velocidade, o brasileiro girou por todo cage e evitou a troca de golpes franca. Com chutes baixos ele minou a movimentação do oponente e garantiu a vantagem inicial ao alternar ataques da média para a curta distância. que deixaram o experiente oponente sem saber o que fazer.

Na segunda etapa, RDA mais uma vez foi superior e levantou a plateia ao balançar Lawler com uma sequência se cruzados que o colocou de costas na grade por cerca de 30 segundos, cena que deu a impressão que a disputa chegaria ao fim à qualquer momento. No entanto, o americano sempre foi conhecido pela raça e resistência, e nesse quesito ele sobrou de novo.

Quando ameaçou equilibrar o confronto diante de um Rafael com menos movimentação, Lawler foi surpreendido por duas quedas que não apenas garantiram o terceiro round a favor do ex-campeão dos pesos-leves como também minaram a confiança do americano.

No quarto assalto, Lawler foi pressionado nas grades de onde trocou ataques no clinche contra o brasileiro que dominava sua nuca e garantia a vantagem com volume de golpes superior. Nos segundos finais, novamente, o americano foi salvo pelo gongo, quando balançava a cada sequência de ataques do Dos Anjo.

No round final, com a certeza da vitória, Rafael derrubou, puniu, clinchou e castigou junto às grades, sempre mantendo a defesa em dia para evitar qualquer surpresa. Vitória espetacular de um lutador que se reinventou em uma nova categoria e que agora se coloca como favorito para disputar o cinturão de Tyron Woodley.

Reserva de luxo

Substituto de José Aldo, que trocou de evento para disputar o cinturão contra Max Holloway duas semanas atrás, Josh Emmett encarou o desafio em cima da hora e se apresentou para enfrentar Ricardo Lamas no Canadá. E mesmo com o amplo favoritismo do rival, a disputa sequer chegou ao final do primeiro assalto.

Em pouco menos de cinco minutos movimentados, os lutadores ainda alternavam golpes para medir distância com ataques mais precisos. No entanto, ao final do assalto, Josh entrou com um direto de direita enquanto seu oponente com um cruzado de direita. A sequência dos movimentos é composta pelos dois atletas aplicando um cruzado de esquerda,  que beneficiou, obviamente, o primeiro a conectar o soco.

Melhor para Emmett, que levou Lamas á lona de forma instantânea, a ponto dos médicos precisarem de alguns minutos para colocar o lutador em pé novamente. Nocaute marcante a favor do atleta da academia Alpha Male, que se tornou um sério candidato a um dos prêmios bônus da noite!

Confira os resultados do UFC Canadá

Rafael dos Anjos vence Robbie Lawler por decisão unânime;
Josh Emmett nocauteou Ricardo Lamas no 1º round;
Santiago Ponzinibbio venceu Mike Perry por decisão unânime;
Glover Teixeira nocauteou Misha Cirkunov no 1º round;
Jan B?achowicz venceu Jared Cannonier por decisão unânime;
Julian Marquez finalizou Darren Stewart no 2º round;
Chad Laprise nocauteou Galore Bofando no 1º round;
Nordine Taleb nocauteou Danny Roberts no 1º round;
John Makdessi venceu Abel Trujillo por decisão unânime;
Alessio Di Chirico nocauteou Oluwale Bamgbose no 2º round;
Jordan Mein venceu Erick Silva por decisão unânime.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!