Topo

MMA

Rafael Dos Anjos desafia Woodley cara a cara; americano desconversa

Reprodução
Rafael dos Anjos desafiou Tyron Woodley em TV americana Imagem: Reprodução

Ag. Fight

Ag. Fight

17/12/2017 13h03

Logo após vencer Robbie Lawler de forma contundente na luta principal do UFC Canadá, evento realizado no último sábado (16), o brasileiro Rafael dos Anjos não perdeu a chance de desafiar o atual campeão Tyron Woodley pessoalmente. O americano, por sua vez, desconversou sobre a possibilidade de realizar  duelo.

Comentarista oficial do canal FOX nos EUA, o americano, campeão dos meio-médios (77 kg), recebeu a visita de RDA nos estúdios e rapidamente foi indagado sobre uma possível disputa, já que não exista uma definição sobre quem será o próximo desafiante ao título da categoria.

"Foi um pouco trabalhoso para chegar até aqui. Esse cara me deu uma canseira para chegar aqui . Eu disse: 'Cara, eu tenho vir aqui, olhar Tyron nos olhos e dizer: Eu não estou interessado em um cinto Gucci, eu quero a cinta dourada do UFC para a minha coleção'", afirmou ao risos o carioca, ex-campeão dos pesos-leves (70 kg).

Por sua vez, Woodley optou por não dar nenhum sinal sobre seus próximos passos. Possivelmente perto de realizar uma cirurgia no ombro, o americano apenas desconversou, elogiou o trabalho realizado pelo brasileiro e colocou a responsabilidade de encontrar um adversário para ele na conta do UFC.

"Eu respeito as pessoas que trabalham duro, pois eu fui a pessoa que queria o cinturão, e eu tive que fazer o trabalho ao modo antigo. E se alguém faz isso, eu sempre digo que seria uma honra cruzar com essa pessoa no octógono. Vamos esperar acabar esse evento e ver o que o Dana White tem a dizer sobre isso. Isso pode acontecer, mas, você sabe, outras coisas podem acontecer também", brincou, talvez de olho em possíveis lutas mais rentáveis como Nate Diaz ou ate mesmo Georges St-Pierre.

Embalado por três vitórias seguidas na categoria, RD parece disposto a brigar pela sua chance de disputar o cinturão. Afinal, ao atropelar Robbie Lawler no octógono, o brasileiro não apenas venceu o número dois do ranking, como também bateu justamente o último campeão antes que Woodley fosse coroado.

"Eu sabia que ele sempre pressiona, mas esse é meu jogo também. Senti que pude fazer mais, agora luto mais pesado, no meu peso normal. Sei que não era o cara maior, mas eu era tão forte quanto ele, em uma boa forma e boa mente. Assimilei bons golpes e não sei se eu conseguiria fazer isso se eu estivesse mais leve", narrou Dos Anjos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!