Topo

MMA

Floyd Mayweather xinga e provoca Oscar De La Hoya: 'Queria ser como eu'

Steve Marcus/Reuters
Imagem: Steve Marcus/Reuters

Ag. Fight

Ag. Fight

20/12/2017 13h21

 

Floyd Mayweather se aposentou depois da sua superluta contra Conor McGregor, em agosto passado. No evento, 'Money' nocauteou o irlandês no décimo round e pendurou as lubas de maneira invicta. O ex-pugilista foi criticado por ter enfrentado um lutador de MMA, inclusive pelo ex-campeão de boxe e promotor Oscar De La Hoya, que já revelou ter planos para enfrentar o campeão dos leves (70 kg) do UFC.

Por isso, Mayweather resolveu responder e afirmou que o sonho do 'Golden Boy' era ter uma carreira como a sua. Em entrevista ao site 'Bad Left Hook', o americano inclusive ressaltou que nunca teve afinidade com De La Hoya, o que ficou ainda mais claro nos últimos meses.

"Minha questão é essa: honestamente acho que Oscar De La Hoya nunca gostou de mim. Ele apenas acha que eu sou um lutador falastrão, que conseguia lutar um pouco e ganhar alguns títulos mundiais. Mas, na verdade, se você olhar para a carreira dele de boxe, você vai ver que ele pulava de treinador em treinador. Comecei a minha carreira em 1987. Tive dois treinadores. Tive dois cutman . Durante toda a minha carreira, tive dois treinadores e dois cutman. Esse é o mesmo cara que queria lutar como eu. O mesmo lutador que queria ser como eu. É só levantar as matérias, elas vão te falar isso", provocou Mayweather.

"O mesmo cara que me acusa de bater em mulher é o mesmo cara que está cometendo adultério? É a mesma pessoa? A mesma pessoa que já admitiu usar cocaína? A mesma pessoa que admitiu ser alcoólatra? A mesma pessoa que tentou parar a luta do Conor McGregor? Ele tentou boicotar a minha luta com o Conor McGregor e agora quer lutar com ele. Esse filho da p*** não tem um milhão de dólares, consiga um milhão de dólares primeiro, filho da p***", completou.

Golden Boy encerrou a sua carreira nos ringues em 2008, quando foi derrotado por Manny Pacquiao. Depois de 16 anos como boxeador profissional, De La Hoya se aposentou com 39 vitórias e seis derrotas. Atualmente, o americano atua como promotor de eventos de boxe, com a sua empresa própria.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!