Topo

Esporte

Dana White confirma contato com Mayweather para lutar no UFC

Ag. Fight

Ag. Fight

21/12/2017 08h00

Depois da superluta de boxe contra Conor McGregor em agosto passado, Floyd Mayweather pendurou as suas luvas e encerrou a sua carreira com um cartel invicto. Mas, na última semana, o americano revelou uma proposta do UFC para que ele cancele sua aposentadoria e retorne ao octógono. E, de acordo com o presidente da maior organização de MMA do mundo esta negociação é real.

Em entrevista para o site americano 'ESPN', Dana White garantiu que Mayweather disse a verdade. O mandatário do Ultimate revelou que a organização tem interesse em contratar o ex-boxeador e que tudo é possível, depois da superluta entre o 'Money' e o atual campeão dos leves (70 kg) do UFC.

"Estamos falando com Floyd sobre um contrato com o UFC. É real. Ele estava falando sobre lutar boxe com Conor McGregor. Foi real? Você já ouviu Floyd falar algo que não fosse verdade? Ele costuma lançar as coisas quando aparece na mídia, e no final de tudo, a m*** acontece. Estamos interessados em fazer algo com Floyd. Tudo é uma possibilidade real. 'Mayweather x McGregor' aconteceu, p***. Tudo é possível", afirmou o cartola.

Para o site 'Fight Hype', Mayweather garantiu que caso concretize o seu contrato com a maior organização de MMA do mundo, os valores poderiam chegar na casa de um bilhão de dólares (aproximadamente R$ 3,3 bilhões). O ex-pugilista revelou que existe uma possibilidade de contato, mas não confirmou se possui um interesse real em cancelar a sua aposentadoria.

"Eles me ligaram não faz muito tempo e me pediram para voltar. Eu posso voltar agora. Se eu quisesse, poderia voltar direto para o UFC. Posso lutar no octógono. Poderia fazer um contrato de três ou quatro lutas no octógono e fazer um bilhão de dólares. Sou o Floyd 'Money' Mayweather, não se esqueçam", assegurou o ex-boxeador.

No confronto contra McGregor, o irlandês conseguiu ir bem nos três primeiros rounds. Contudo, Mayweather conseguiu provar como se manteve um campeão invicto dos ringues desde 1996, quando se tornou profissional no boxe, e nocauteou o campeão dos leves do UFC no décimo assalto.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte