Topo

Esporte

Nurmagomedov brinca sobre como perder peso: "Vou cortar minha perna"

Ag. Fight

21/12/2017 06h00

Depois de mais de um ano sem lutar, Khabib Nurmagomedov se prepara para voltar ao octógono no último evento do ano. No co-main event do UFC 219, o russo enfrentará Edson Barboza pela divisão peso-leve (70 kg). Ao contrário do que aconteceu em março, quando o lutador deveria enfrentar Tony Ferguson pelo cinturão interino da categoria, o atual número dois do ranking está confiante de que não terá dificuldades para bater o peso dessa vez.

O UFC 209 - que aconteceu em março passado, em Las Vegas (EUA) - deveria ter sido marcado pela disputa do cinturão interino dos leves, mas, durante o corte de peso, Khabib passou por problemas nos rins e precisou ser hospitalizado. Dessa vez, o lutador revelou, em conversa com os jornalistas nessa terça-feira (19), que tem um plano para não precisar se retirar do evento novamente de última hora.

"Tenho planos para cortar peso. Vou cortar minha perna esquerda ou a direita na sexta antes da pesagem. Agora estamos pensando sobre isso, se será a esquerda ou a direita. Agora é sério, mudei muitas coisas. Meu peso está perfeito. Estou em ótima forma. Tenho mais três dias duros e termino o meu camp, para poder focar em cortar o peso. Vamos ver. Não estou em uma forma ruim. Estou bem empolgado com isso, quero mostrar que consigo. Estou bem perto", narrou o russo.

"Deveríamos fazer um pay-per-view da pesagem para as pessoas. Porque as pessoas querem saber se vamos bater o peso ou não. Por que não? As pessoas não estão esperando só a minha luta, estão esperando minha pesagem. Vai ser interessante".

Apesar das brincadeiras sobre o seu corte de peso, Khabib ainda garantiu que compreende que deve esperar até ter uma nova oportunidade de lutar pelo título, já que precisou desistir da sua chance pelo cinturão interino às vésperas do evento. Com isso, o russo se mostrou compreensivo ao afirmar que ainda deve fazer mais algumas lutas antes que possa tentar ser o campeão dos leves.

"Meu empresário e meu pai acham que o UFC vai me dar mais algumas lutas antes do título. Concordo com isso, concordo. Nem toda luta pode ser pelo título", opinou o lutador.

Atleta do UFC desde 2012, o russo nunca foi derrotado no octógono e nem como profissional de MMA. Em suas 24 lutas, Khabib venceu em 16 ocasiões por nocaute ou finalização.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte