Topo

MMA

Nurmagomedov acusa McGregor de estagnar divisão dos leves do UFC

Getty Images
Conor McGregor celebra em balada em Las Vegas após luta contra Floyd Mayweather Imagem: Getty Images

Ag. Fight

22/12/2017 06h00

 

Khabib Nurmagomedov está prestes a voltar ao octógono contra Edson Barboza no UFC 219, marcado para o próximo dia 30 de dezembro, em Las Vegas (EUA), depois de mais de um ano afastado. Contudo, mesmo que saia como o vencedor no último evento do ano, o russo não tem perspectiva de quando poderia disputar o cinturão dos leves (70 kg), já que a categoria está estagnada desde que Conor McGregor se tornou o campeão em novembro de 2016 e não realizou nenhuma defesa do seu posto.

Em entrevista ao site "RT Question More", Khabib criticou a postura de McGregor em não defender o cinturão e nem deixá-lo vago. Para o atleta, o irlandês deveria ter a mesma postura de Georges St-Pierre, que desistiu do título dos médios (84 kg) para tratar de problemas de saúde.

"Se ele não tem lesões e ele não defende o seu título por mais de um ano, então é bem ruim. Porque quando você é o campeão e você não tem lesões, você tem que defender. Eu gostei de como Georges St-Pierre agiu em uma situação parecida. Primeiro ele entendeu que ele não poderia lutar e ele não queria estagnar a divisão. E essa é a decisão de um verdadeiro campeão. Conor não defendeu o seu cinturão. Eu nem sei se ele fará isso", atacou o lutador.

O russo ainda ressaltou que mesmo que McGregor permaneça sem defender o seu título dos leves, o UFC não irá destituir o 'Notorious' do seu posto de campeão. Isso porque Khabib sabe que o irlandês é um lutador muito especial para a maior organização de MMA do mundo.

"Ele tem o nome, é rentável para o UFC que ele seja o campeão. Eles fazem dinheiro por causa dele e não vão tirar o cinturão dele. Mas, na minha opinião, Conor deveria ter perdido o cinturão há muito tempo. E Tony Ferguson deveria ser o verdadeiro campeão", opinou o atleta.

Atleta do UFC desde 2012, Khabib nunca foi derrotado no octógono e nem na sua carreira. Em seu cartel invicto, o russo acumula 24 vitórias, sendo que 16 foram por nocaute ou finalização.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!