Topo

MMA

Nigeriano critica postura dos fãs de MMA: "Piores pessoas que existem"

Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Oluwale Bamgbose durante luta contra Daniel Sarafian Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

23/12/2017 11h28

Na segunda luta do UFC Canadá, ocorrido no último sábado (16), em Winnipeg, Oluwale Bamgbose foi nocauteado por Alessio Di Chirico depois de ser muito vaiado pelo público que estava presente. Por isso, o nigeriano usou o seu Twitter para reclamar da postura adotada pelos fãs de MMA, principalmente quando estão na arena. Além disso, o peso-médio (84 kg) pediu respeito, já que "arrisca a sua vida" toda vez que sobe no octógono.

Em uma série de publicações na rede social, o nigeriano fez questão de ressaltar que estava direcionando a sua opinião apenas àqueles que estavam presentes no evento que aconteceu no Canadá. Isso porque a torcida demonstrou impaciência com os poucos golpes deferidos por Bamgbose, que adotou a estratégia de se movimentar por todo o octógono e não ir de encontro ao seu adversário italiano.

"Alguns fãs de MMA são as piores pessoas que existem e eu prefiro morrer a competir pelo seu entretenimento. Quero dar o meu melhor para os fãs leais e respeitosos. Aqueles que apreciam a verdadeira arte marcial. E não para esses trastes que aproveitam a nossa dor e vaiam a estratégia. Vocês esquecem que somos pagos, m***. Isso é direcionado aos fãs que estavam na arena que eu lutei", criticou o atleta.

"Se eles soubessem o que custa para mim estar lá para o entretenimento deles. Mas ser vaiado me fez perceber que potencialmente morrer para essas pessoas, ou ter lesões para a minha vida toda, não vale a pena. Apostar a vida de alguém não é legal, mas quando você está no lado vencedor, então compensa. Quando você está do lado perdedor, uma falta de esperança toma conta. Acho que a maioria dos fãs de MMA são respeitosos na maioria das vezes, mas todos precisam saber que arriscamos nossas vidas lá, literalmente. Vocês não podem nos apressar e nos vaiar", concluiu.

Foi o terceiro nocaute sofrido por Bamgbose no octógono desde a sua estreia na maior organização de MMA do mundo, em 2015. O nigeriano tem apenas uma vitória em suas quatro lutas pelo UFC, diante do brasileiro Daniel Sarafian.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!