Topo

Esporte

Woodley prevê retorno para primeiro trimestre de 2018 e menospreza Dos Anjos

Ag. Fight

Ag. Fight

24/12/2017 16h00

Depois de realizar duas defesas bem-sucedidas do cinturão dos meio-médios (77 kg) este ano, Tyron Woodley precisou passar por uma cirurgia no ombro nesta semana e não existia previsão de quando seria seu retorno ao octógono. Não existia, porque agora o americano garantiu que está confiante em retornar ao UFC nos primeiros meses de 2018.

Em entrevista ao site 'TMZ Sports', o campeão dos meio-médios afirmou que não teria condições de continuar com as suas performances sem a cirurgia. E, apesar da complexidade de todo o procedimento, o americano garantiu que estará pronto para voltar no primeiro trimestre do próximo ano.

"Tive uma cirurgia ortopédica no meu ombro direito. Meu ombro estava mais ferrado do que imaginaram. Tive esporas nos ossos na região. Eles tiveram que me virar do avesso e limpar algumas coisas. Vou voltar como o homem biônico. Com a nova tecnologia e ciência, estarei de volta no primeiro trimestre do ano que vem. Em dois meses estarei socando algo", prometeu o atleta.

No último dia 16 de dezembro, Woodley assistiu Rafael dos Anjos e Robbie Lawler duelarem na sua categoria. Antes desse confronto, Dana White já havia prometido que, independentemente de quem fosse o vencedor, esse seria o próximo da lista para disputar o cinturão dos meio-médios. Mesmo assim, o americano revelou que não se impressionou com a performance apresentada pelos lutadores, especialmente com RDA que saiu vitorioso.

"Não fiquei muito impressionado com ele, sendo honesto. Não me impressionei com a sua performance. Porque as pessoas estão socando e esquivando, se você está socando e esquivando e você erra, então você está acertando luvas e cotovelos. Isso não é precisão. Eu não fiquei animado com a inteligência dos dois. Estou aberto para lutar com ele? Sim. Mas ele é o lutador no topo da minha lista? Não", menosprezou o americano.

Woodley conquistou o cinturão da categoria em julho de 2016, ao nocautear Lawler ainda no primeiro round. O atual campeão dos meio-médios mantém 18 vitórias em seu cartel e foi derrotado em três oportunidades. Além disso, na primeira defesa do seu título, o americano empatou com Stephen Thompson, em novembro de 2016.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte