Topo

MMA

Treinador garante 'Cyborg' em um nível acima das rivais: "Animal diferente"

Buda Mendes/Getty Images
Cris Cyborg posa com o cinturão do UFC Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Ag. Fight

Ag. Fight

25/12/2017 11h14

Cris 'Cyborg' estará no último evento deste ano para defender pela primeira vez o seu título da divisão peso-pena (66 kg) do UFC contra Holly Holm. Na luta principal da edição 219 do show, marcado para o dia 30 de dezembro, em Las Vegas (EUA), a brasileira fará a sua estreia como main event em um grande card. Por isso, o seu treinador garantiu que a pupila terá uma performance nunca antes vista.

Desde que entrou na maior organização de MMA do mundo, a brasileira só atuou como main event em um card não numerado, em setembro de 2016. Esta será a primeira vez que a lutadora estará na luta principal de um evento pay per view. Essa seria, portanto, uma motivação a mais para o seu treinamento, de acordo com o seu técnico. Em entrevista ao site 'MMA Junkie', Jason Parillo opinou que o nível de luta da atual campeã está acima das suas adversárias. O técnico ainda garantiu que Cyborg treinou para todos os cenários possíveis para enfrentar a americana, que é especialista em boxe.

"Muitas pessoas sabem quem é a Cris. Ela é uma grande atração, mas será uma atração ainda maior do que as pessoas sabem. Porque não tivemos a sua grande promoção. Você precisa de um grande oponente, que fará você ser ainda melhor. E com Holly Holm temos isso. Acredito que a Cris possa ir até lá e dominar, é isso que esperamos. Também esperamos o pior", revelou o treinador.

"Treinamos em como essa luta pode se encaminhar em qualquer situação. Cris está em um nível acima ao dessas garotas. Realmente acredito nisso. Sei que Holly tem toda essa experiência e é uma lutadora inteligente. Elas vão entrar lá com um incrível plano de jogo, mas a Cris é um animal diferente".

Desde que se tornou profissional de MMA, Cyborg foi derrotada apenas uma vez. Além disso, em 2011, depois de fazer sua terceira defesa do cinturão do Strikeforce, a brasileira foi pega no doping, o que deixou sua luta contra a japonesa Hiroko Yamanaka sem resultado. Das 18 vitórias da atual campeã, 16 foram por nocaute.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!