Topo

Esporte

Nurmagomedov atropela Edson Barboza no UFC 219 e pede por McGregor ou Ferguson

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

31/12/2017 03h21

Um dos grandes favoritos da noite, o russo Khabib Nurmagomedov mostrou porque permanece invicto mesmo após 25 lutas profissionais de MMA. Dono da melhor marca de quedas da categoria dos pesos-leves (70 kg), o russo voltou a lançar mão de sua pressão habitual para anular ninguém menos do que o brasileiro Edson Barboza, um dos maiores nocauteadores da divisão.

Assim que o gongo soou, Edson fez a estratégia perfeita. Caminhando por todo o cage, ele evitou ser derrubado e golpeou em contra ataque com fortes chutes. No entanto, esse cenário durou menos de dois minutos e o que se viu depois disso foi um verdadeiro atropelo por parte do russo, ex-campeão mundial de sambo, que não economizou na sua maior característica: a pressão.

Com quedas, passagens de guarda e montadas, Nurmagomedov passou mais da metade do combate por cima batendo. Cotoveladas, uppers, cruzados e overhands deixaram o brasileiro exausto já no final do primeiro round, quando com um semblante de assustado e com o rosto coberto de sangue ele cambaleou até chegar ao seu corner.

A cada intervalo, sua equipe pareceu trocar os característicos conselhos por discursos de motivação para que o atleta não se entregasse diante do domínio que sofria no octógono. E, de fato, ele não parou de tentar,e inclusive levantou a plateia ao, na terceira e última etapa, conectar um bonito chute rodado, uma de duas marcas registradas,  no rosto do rival. Nada, porém, que abalasse o resultado. Vitória por decisão unânime do russo, que anotou 10-8 em dois rounds na visão de todos os jurados.

"Se o UFC quiser, eu posso lutar com o Conor ou Tony , não me importa. O Edson é muito duro, eu poderia ter finalizado ele, mas eu queria fazer uma luta longa... Não penso nesses dois idiotas. A próxima luta é a próxima luta. Sou invicto em 25 lutas. Tony Ferguson, podemos lutar. O Conor tem muito dinheiro agora, depois de ele gastar o dinheiro, a gente vai lutar", bradou o russo, que foi pessoalmente conversar com Dana White na beira do cage logo após o anúncio do resultado da luta.

Acompanhe os resultados do UFC 219:

Khabib Nurmagomedov venceu Edson Barboza por decisão unânime;
Dan Hooker finalizou Marc Diakiese no 3º round;
Carla Esparza venceu Cynthia Calvillo por decisão unânime;
Neil Magny venceu Carlos Condit por decisão unânime;
Micha? Oleksiejczuk venceu Khalil Rountree por decisão unânime;
Myles Jury venceu Rick Glenn por decisão unânime;
Marvin Vettori e Omari Akhmedov empataram por decisão majoritária;
Matheus Nicolau venceu Louis Smolka por decisão unânime;
Tim Elliott finalizou Mark De La Rosa no 2º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte