Topo

MMA

Nurmagomedov diz ser capaz de vencer McGregor e Ferguson na mesma noite

Jeff Bottari/Zuffa LLC/ Getty Images
Khabib Nurmagomedov vence Edson Barboza no UFC 219 Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/ Getty Images

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

31/12/2017 10h00

 

Depois de vencer Edson Barboza de forma contundente, Khabib Nurmagomedov não economizou no seu discurso de vitória. Calmo e confiante como sempre, o invicto peso-leve (70 kg), que anotou sua vitória de número 25 no MMA no último sábado (30), mandou um recado direto aos campeões de sua categoria. De acordo com o russo, ambos podem ser derrotados no octógono na mesma noite.

Em conversa com jornalistas logo após o evento, Nurmagomedov afirmou que não teria problemas em vencer o irlandês, campeão linear de sua divisão e que não se apresenta no UFC desde novembro de 2016, e o americano, dono do cinturão interino dos leves. Declaração esta que ele próprio garantiu não fazer parte de algum 'trash talk'.

"Eu falei que poderia lutar com Conor e depois de alguns minutos com o Ferguson. Alguns acham que é trash talk. Eu acabei de lutar com um dos melhores lutadores em pé do mundo e vocês viram. Fiz com ele uma guerra, em pé, no wrestling, no chão... Agora estou fresco e poderia lutar de novo", ironizou o invicto russo.

Com a chance de disputar o cinturão garantida por Dana White, presidente do evento, Khabib fica à espera a definição de seu futuro rival embora ele mesmo já pareça ter escolhido o seu preferido.

"O cinturão real está com o Ferguson. Conor tem apenas uma luta na categoria, ele venceu o Eddie Alvarez. ele é bom, mas não é um campeão. Acho que vários podem vencer ele nessa divisão. ele tem um boxe bom e um bom tempo de luta,mas não tem wrestling, condicionamento físico ou chão. Ele tem o cinturão só porque o UFC quis assim", criticou.

Com a vitória, Khabib, agora dono de 25 triunfos e nenhuma derrota como profissional, parece não ter muitas opções. Primeiro do ranking oficial logo depois dos campeões do UFC, o russo superou o temido Edson Barboza sem dificuldades e agora deve apenas pela definição do evento.

"Se eu lutar com Conor, ele tem chances com esse boxe por alguns minutos. Mas e se eu fizer wrestling o tempo todo e não trocar em é. Mostrar boxe e wrestling em outro nível. Posso fazer várias coisas. Posso trocar, derrubar, minha condição é a melhor.... Acho que meu tempo está chegando", finalizou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!