Esporte

Aos 42 anos, Anderson Silva descarta aposentadoria: "Logo estou de volta"

Ag. Fight

Ag. Fight

07/01/2018 13h49

Flagrado em um exame antidoping no final de 2017, o que impediu sua apresentação no card do UFC China, Anderson Silva, ex-campeão dos médios (84 kg), evita falar do assunto e permanece treinando enquanto seus advogados avaliam a melhor maneira de apresentar sua defesa. Apesar disso, o veterano de 42 anos garante: ainda não é hora para aposentadoria.

Por ser reincidente, Anderson, caso punido, deve ter sua pena aumentada mesmo que seu primeiro flagra, em dois exames realizado em janeiro de 2015, tenha sido sob a supervisão da USADA (agência americana antidoping). Mesmo assim, o ex-campeão parece confiante de que voltará a competir no octógono mais famoso do mundo, como garantiu em uma de suas contas em redes sociais.

"Obrigado meu povo! Podem ter certeza que ainda não acabou. Meu amor e minha paixão pela luta estão aqui, firmes e fortes. A luta continua, vou parar quando DEUS achar que não dá mais. Então quem é meu fã, pode ter certeza, que logo estou de volta, pra alegria dos que torcem por mim e pra tristeza dos que não", narrou o veterano bem ao seu estilo.

Ainda sem data para ser julgado, o brasileiro faz parte de uma grande lista de atletas flagrados nos testes surpresas em 2017. Entre eles, nomes do calibre de Jon Jones, Junior 'Cigano' e Rogério 'Minotouro' compuseram uma série de decepções entre os fãs do MMA.

Aos 42 anos, Anderson acumula importante cartel com 34 vitórias, oito derrotas e um 'No Contest' (sem vencedor). Em sua última apresentação, o 'Spider' venceu seu duelo contra Derek Brunson em fevereiro passado e rompeu com a serie de cinco confrontos sem vitórias no octógono do UFC.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo