Topo

MMA

Marlon Moraes acusa Jimmie Rivera de forjar desafio em dezembro

Reprodução/Canal Combate
Marlon Moraes dá joelhada e vence Aljamain Sterling Imagem: Reprodução/Canal Combate

09/01/2018 06h00

Nas últimas semanas, Jimmie Rivera e Marlon Moraes travaram uma verdadeira guerra virtual sobre a negociação de possível duelo entre eles. E com o empecilho de uma data plausível para ambos em jogo, o brasileiro acusou o rival de fazer um show midiático para atrair a atenção no lugar de, de fato, buscar uma maneira de tornar o confronto viável.

De acordo com Marlon durante entrevista ao programa 'MMA Hour', Rivera o desafiou para um duelo no dia 30 de dezembro - John Lineker era o rival escalado, mas se retirou dias antes da data marcada alegando problemas de saúde -, cenário que era notoriamente impossível para ele.

"Ele veio com besteira, falando besteira nas redes sociais. Eu estava perto de 75 kg, não poderia bater o peso (61 kg). Realisticamente, eu não poderia. Fiz o video e falei que ele sabe os meus termos para lutar. Se ele quer, apenas aceite a luta, é a unica que faz sentido", narrou.

E como justificativa, Marlon garante que o americano sabia de sua situação. Afinal, o brasileiro havia lutado nos dias 11 de novembro e 9 de dezembro, o que faria de uma terceira apresentação seguida, ainda mais durante as festividades de fim de ano, algo praticamente impossível.

"Claro que ele sabia. Tem muitas conversas, nós dois estamos em New Jerrsey, todos sabiam. Eu nem estava treinando, estava comendo e descansando. Tinha feito duas lutas, eu estava festejando, e merecia. Ele sabia disso", ironizou.

Como solução, o ex-campeão do WSOF propôs que a luta seja realizada no card programado para o dia 24 de fevereiro, em Orlando, nos EUA. Desta forma, ambos teriam tempo suficiente para treinar e se preparar para a disputa que pode colocar o vencedor próximo do cinturão.

"Está certo para mim. Estou treinando para lutar no UFC on Fox, na Flórida, no dia 24 de fevereiro. Não tem mais tempo para falar, é treinar e ficar pronto. Ele assinou, ele apenas está falando besteira e quer fazer um grande anúncio para a mídia ", finalizou.