MMA

Treinador de Amanda Nunes pede por luta com Cyborg

Erik Verduzco/Las Vegas Review-Journal via AP
Amanda Nunes posa com o cinturão durante evento promocional para o UFC 213 Imagem: Erik Verduzco/Las Vegas Review-Journal via AP

Ag. Fight

Ag. Fight

09/01/2018 12h12

 

Uma superluta entre as campeãs Cris 'Cyborg' e Amanda Nunes tem sido ventilada há algum tempo. Antes mesmo da curitibana derrotar Holly Holm no UFC 219, ocorrido no dia 30 de dezembro, a dona do cinturão peso-pena (66 kg) já havia sido desafiada pela dona do cinturão do peso-galo (61 kg), uma ideia que agradou o presidente Dana White. E agora o possível duelo ganhou outro importante incentivador: Conan Silveira, principal treinador da 'Leoa'.

Para Conan Silveira, o fato de os fãs quererem ver esse confronto garantirá que a luta aconteça. Além disso, o treinador ressaltou, em entrevista ao site 'MMA Junkie', que o fato de poder fazer história dentro do MMA feminino ao realizarem a primeira disputa entre campeãs do UFC deve ser levado em conta.

"Acho que não tem 100% de chance, mas sim 1000% de chance de acontecer. Acredito que todos queiram ver, mesmo os que acham que vão perder alguma coisa. É uma luta de campeãs. Acho que elas precisam fazer essa luta. É um grande incentivo para o MMA em geral, mulheres e homens. As pessoas querem isso. É a melhor oportunidade para deixar suas marcas na história", opinou o treinador da American Top Team.

"Acredito que quando você luta e você é uma desafiante, é difícil. Quando você ganha e se torna a campeã, é ainda pior. Mas quando você tem uma chance de escrever o seu nome na história, acho que você tem que fazer isso. É bom para todo mundo. Se Cyborg fosse da American Top Team, não faria sentido algum. Mas ainda acho que a oportunidade de fazer isso, é algo que poucas pessoas têm na vida".

Além do fator histórico, Silveira garantiu que os estilos das atletas se complementariam e que a sua pupila conseguiria estar ainda mais forte do que costuma se apresentar no octógono. A questão do corte de peso não seria uma dificuldade tão grande para Amanda, já que este confronto aconteceria da categoria de cima.

"Acredito que para essa divisão (penas), Amanda estará muito bem preparada. Ela não vai precisar cortar peso. Ela se manterá forte na divisão. E ainda acho que a força que vem de Cyborg definitivamente será a ferramenta que Amanda precisa com ela. Acho que é a luta perfeita. O casamento perfeito. É uma luta de campeãs, uma coisa que não vemos sempre", concluiu o técnico.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
UOL Esporte - MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo