Esporte

USADA suspende Amanda Ribas por dois anos após flagra em antidoping

Ag. Fight

Ag. Fight

10/01/2018 17h58

Contratada em 2017 pelo UFC, Amanda Ribas chegou a ter sua luta de estrei agendada na organização. No entanto,o flagra em um exame surpresa acabou adiando os sonhos da atleta, que acaba de receber uma punição de dois anos da USADA (agência antidopagem americana).

Nesta quarta-feira (10), a entidade anunciou que Amanda só poderá voltar às competições no próximo dia 7 de junho de 2019, quando os dois anos da data da coleta do exame serão completados. Na ocasião, a brasileira testou positivo para o uso da substância Ostarine.

De acordo com o comunicado oficial da USADA, a Ostarine faz parte de uma lista "de moduladores do receptor de androgênio, e é vendida ilegalmente nos Estados Unidos e ao redor do mundo como um produto que melhora a performance".

Campeã mundial de MMA amador, a lutadora mineira de 24 anos coleciona seis vitórias e uma derrota como profissional, e atualmente mora e treina nos EUA, na academia America Top Team, casa de atletas do gabarito de Amanda Nunes, Yoel Romero, Junior 'Cigano' e Tyron Woodley.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo