Topo

MMA

Brasileiras decepcionam e país deixa UFC St. Louis sem vitórias

Reprodução
Kalindra Faria Imagem: Reprodução

Ag. Fight

Ag. Fight

14/01/2018 23h57

Definitivamente não foi um fim de semana feliz para o Brasil no maior torneio de MMA do mundo. Além de Vitor Belfort e Thiago 'Pitbull' terem deixado o card  do UFC St. Loius na última hora por problemas com os seus adversários, Kalindra Faria e Talita Bernardo, as únicas representantes do país na noite deste domingo (14), voltaram para casa com mais uma derrota em seus respectivos carteis.

Talita estreou no Ultimate em setembro do ano passado com derrota por nocaute para Marion Reneau. Com mais tempo para se preparar desta vez, a brasileira teve pela frente Irene Aldana, que acumulava dois reveses em suas duas apresentações pelo torneio. Mas o camp completo não foi o suficiente para a atleta de Macaé triunfar.

Bem menor que a mexicana, Talita optou por esperar as ações de sua adversária para tentar contragolpear. A estratégia não deu certo e Aldana acertou boas combinações até levar a brasileira a knockdown ainda no primeiro round, chegando perto do nocaute.  Nos cinco minutos seguintes, a brasuca conseguiu equilibrar um pouco mais o confronto com o jogo de luta agarrada e pressão na grade.

No assalto final, Talita parecia ir para o tudo ou nada na trocação em pé, mas luta foi novamente para o chão no meio do round. A brasileira até buscou igualar as ações na base da raça, mas não foi o suficiente. Os juízes laterais deram a vitória para Irene Aldana por decisão unânime (triplo 30-27).

Quase o mesmo filme

Kalindra Faria bem que precisava vencer para afastar a estreia ruim dentro do maior torneio de MMA do mundo. E, para isso, nada melhor do que pegar uma adversária em péssima fase como Jessica Eye. No entanto, a brasileira acabou caindo no jogo de quedas da americana e deixou o octógono com mais uma derrota em seu cartel.

O duelo começou movimentado e com a brasileira partindo com tudo para a trocação franca logo nos primeiros segundos. Após um belo chute alto com a perna esquerda de Kalindra, as duas foram para o chão e permaneceram por lá durante quase todo o primeiro round sem grande movimentação efetiva.

O segundo assalto, por sua vez, foi completamente da americana. Conseguindo uma queda logo no começo, Jessica Eye fixou um gancho na região da cintura de Kalindra e permaneceu praticamente os cinco minutos do round ameaçando finalizações e cansando bastante sua oponente, que suportou como deu a pressão.

Na última parcial, Kalindra vinha fazendo o que seu córner pediu até a metade do round. Golpeando e fugindo do raio de ação da americana, mas depois sofreu duas quedas que prejudicaram o seu desempenho. O resultado veio por decisão dividida dos juízes laterais, que deram o triunfo para Jessica Eye.

"Quedas vencem lutas e ninguém se importa com o que você faz ou como é sua performance. Peso-mosca, eu estou aqui, mas a melhor Jessica ainda está por vir", disse a americana ainda dentro do octógono.

Foi a primeira vitória de Jessica Eye após quatro derrotas seguidas. Já Kalindra chega ao seu segundo resultado negativo em dois confrontos no Ultimate e vê sua situação ameaçada.

CARD PRELIMINAR

Irene Aldana venceu Talita Bernardo por decisão unânime dos juízes laterais;
Kyung Ho Kang venceu Guido Cannetti por finalização no primeiro round;
Jessica Eye venceu Kalindra Faria por decisão dividida dos juízes laterais;
JJ Aldrich venceu Danielle Taylor por decisão unânime dos juízes laterais;
Mads Burnell venceu Michael Santiago por decisão unânime dos juízes laterais.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!