Topo

Esporte

Dana White rebate entrevista de atleta nigeriano: "Uma das coisas mais ridículas"

Ag. Fight

15/01/2018 13h28

Kamaru Usman esteve no UFC St. Louis nesse domingo (14), nos Estados Unidos, e derrotou Emil Meek por decisão unânime dos juízes laterais. Depois de ser anunciado o vencedor do confronto, o nigeriano usou a sua entrevista no octógono para desafiar Colby Covington pela oportunidade de ser o próximo da fila para desafiar o atual campeão dos meio-médios (77 kg), Tyron Woodley. Palavras que não impressionaram Dana White.

Durante a sua entrevista depois do combate, o nigeriano disse que deu 30% da sua capacidade contra Meek e que conseguiria nocautear Colby, caso se enfrentassem. O interesse de encarar o americano, de acordo com o próprio Usman, se dá pelo fato de Covington ter negado enfrentá-lo em três oportunidades. Para o presidente do UFC, todo o discurso do número dez do ranking oficial da divisão foi "ridículo".

"Não amei essa luta, diga-se de passagem. Sim, ele é um cara duro. Sim, ele consegue impor o seu poder. Mas você não vai lá e fica falando sobre bater em alguém como você acabou de fazer e diz que deu apenas 30% de si mesmo. O que isso significa? Se você estivesse no pay-per-view daria 60%? Foi umas das coisas mais ridículas que eu já ouvi alguém falando. E você ter sido vaiado na arena foi a cereja do bolo", rebateu o cartola.

Em seu Twitter, Usman rebateu as críticas do presidente do UFC e justificou o que disse ainda no octógono. O nigeriano escreveu: "Deixa eu esclarecer algo já que alguns não entenderam na minha entrevista pós-luta. O que eu quis dizer é que eu fui para essa luta com 30% da minha saúde. Poderia ter desistido, mas eu escolhi continuar no evento e dar a chance de Emil Meek enfrentar um top dez. Luto com qualquer um, a qualquer hora, mesmo com 30% de mim".

Apesar da polêmica, o nigeriano manteve o seu cartel quase impecável, já que tem apenas uma derrota como profissional. Em sua carreira, Usman acumula 12 vitórias, sendo oito por nocaute ou finalização.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte