Topo

MMA

Stephens não toma conhecimento de sul-coreano e vence 2ª seguida no UFC

Divulgação/Twitter/UFC
Jeremy Stephens Imagem: Divulgação/Twitter/UFC

Ag. Fight

15/01/2018 03h25

Sem a presença de Vitor Belfort e Uriah Hall após o americano passar mal e não conseguir participar da pesagem oficial, o UFC St. Louis teve que apostar todas suas fichas no confronto principal da madrugada de domingo para segunda (15), entre os pesos-penas (66 kg) Jeremy Stephens e Doo Ho Choi. E quem levou a melhor foi o experiente americano, que nocauteou o sul-coreano no segundo round, engatando o seu segundo triunfo consecutivo.

A apresentação no UFC St. Louis representou a 26ª vez que Stephens pisou no octógono. Atrás apenas de Michael Biping (27) como atleta a mais se apresentar pela organização, o americano mostrou que ainda tem muito a oferecer ao derrotar uma das apostas para o futuro do Ultimate. Aos 26 anos, Choi é o atual 13º no ranking dos penas e vinha acumulando apresentações impressionantes no maior torneio de MMA do mundo. Mas o que se viu nesta madrugada foi um sul-coreano apagado.

Após um primeiro round com certo equilíbrio onde o americano levou ligeira vantagem, os atletas voltaram para a segunda etapa muito mais ofensivos. Choi foi quem comandou as ações logo nos primeiros segundos, no entanto, ao se sentir acoado, Stephens não pensou duas vezes e partiu para a trocação. O sul-coreano sentiu a mão pesada do americano e foi se tornando alvo fácil até sofrer um knockdouwn. No chão, não demorou para o árbitro central intervir por achar que Choi não tinha mais condições de continuar no combate.

"Gostaria de agradecer muito ao meu oponente. Ele tem chutes fortes e vocês (coreanos) têm um representante muito forte aqui no UFC. Eu quero o Brian Ortega. Sei que ele está aqui. Valeu, Dana White. Vou curtir o meu dinheiro que ganhei", disse o veterano americano ainda dentro do octógono.

Stephens acumula 27 vitórias e 14 derrotas como atleta profissional de MMA. Nono colocado na divisão dos penas, o americano deve melhorar a sua colocação na próxima atualização do ranking, prevista para quarta-feira.

VanZant se dá mal

Considerada a 'Queridinha do UFC', Paige VanZant retornou ao octógono após mais de um ano afastada. E ela não se deu bem. Encarando a australiana Jessica Rose-Clark em sua estreia na divisão dos moscas (57 kg), a americana foi completamente dominada durante os três rounds e conheceu sua terceira derrota nas últimas quatro lutas pelo maior torneio de MMA do mundo.

Homenagem a ex-campeão

Um momento bastante emocionante aconteceu durante o intervalo do card preliminar para o card principal. Após ter ficado em coma em virtude de um acidente automobilístico, o ex-campeão dos meio-médios (77 kg) do UFC Matt Hughes esteve na arena em St. Louis.

Caminhando com alguma dificuldade, o norte-americano foi absolutamente ovacionado pelos presentes na sua caminhada até encontrar com Dana White, presidente do UFC. Ele cumprimentou o dirigente e não conseguiu segurar as lágrimas em uma cena absolutamente tocante (veja abaixo ou clique aqui).

 

 

Welcome home, Matt Hughes. #UFCSTL

Uma publicação compartilhada por ufc (@ufc)

em

CARD PRINCIPAL

Jeremy Stephens venceu Doo Ho Choi por nocaute no segundo round;
Jessica-Rose Clark venceu Paige VanZant por decisão unânime dos juízes laterais;
Kamaru Usman venceu Emil Meek por decisão unânime dos juízes laterais;
Darren Elkins venceu Michael Johnson por finalização (mata-leão) no segundo round.

CARD PRELIMINAR

James Krause venceu Alex White por decisão unânime dos juízes laterais;
Marco Polo Reyes venceu Matt Frevola por nocaute no primeiro round;
Irene Aldana venceu Talita Bernardo por decisão unânime dos juízes laterais;
Kyung Ho Kang venceu Guido Cannetti por finalização no primeiro round;
Jessica Eye venceu Kalindra Faria por decisão dividida dos juízes laterais;
JJ Aldrich venceu Danielle Taylor por decisão unânime dos juízes laterais;
Mads Burnell venceu Michael Santiago por decisão unânime dos juízes laterais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!