Topo

Esporte

Dana White critica postura de Hall durante corte de peso: "Não leva a sério"

Ag. Fight

Ag. Fight

16/01/2018 11h04

Por conta de problemas com o corte de peso, Uriah Hall precisou deixar o card do UFC St. Louis, ocorrido nesse domingo (14), nos Estados Unidos, e foi direto para o hospital. O americano estava dentro do peso máximo permitido na divisão peso-médio (84 kg), mas acabou desmaiando no caminho até a balança, fazendo com que Vitor Belfort ficasse sem adversário em sua luta de despedida do octógono. A soma de todos esses acontecimentos deixou o presidente do Ultimate bastante irritado com a situação.

Durante a entrevista coletiva após o evento, Dana White revelou que, às vésperas do show em St. Louis, Hall viajou para Los Angeles (EUA) e ignorou todas as orientações dadas pelos especialistas do Instituto de Performance do UFC. Além disso, apesar da amizade que mantém com o americano, o presidente da maior organização de MMA do mundo ressaltou que o seu atleta não leva o treinamento a sério.

"Tenho uma longa relação com Uriah, gosto dele pessoalmente. Mas os caras no Instituto de Performance do UFC me disseram que ele não leva a sério. Ele não leva o seu treinamento a sério, não faz o que as pessoas falam para ele fazer. Faz o que lhe vem à cabeça. Uma semana antes da luta, ele foi para Los Angeles e estava curtindo a cidade, em boates e coisas do tipo. Então, não é bom. Vou falar com ele. Ele me mandou uma mensagem hoje. Está no quarto, obviamente está mal. Se você não corta peso da maneira certa e você não faz o que deveria fazer, é isso o que acontece", assegurou o cartola.

De acordo com o próprio White, o Instituto criado pelo UFC tem a função de auxiliar os lutadores durante o processo de corte de peso. Mas para isso é preciso seguir as instruções dos especialistas contratados pela organização. Para o presidente do Ultimate, se um atleta não está disposto a seguir à risca as orientações e não consegue atingir o máximo permitido pela sua divisão na balança, deve ser cogitada a mudança de categoria.

"Acho que eles precisam pensar em lutar com 93 kg. Lute na divisão de 93 kg ou apareça e faça o que você deve fazer. Existem maneiras de você cortar peso adequadamente e de forma segura. Você precisa começar a fazer isso. Por isso, estamos encorajando as pessoas a irem para o Instituto de Performance do UFC. Aqueles caras que estão lá, as pessoas que vão para lá e fazem o que mandam da maneira certa, cortam peso de forma segura", defendeu White.

"Os caras que não escutam, é isso o que acontece. Para Kelvin Gastelum, Johny Hendricks e outras pessoas na mesma situação: se você não consegue atingir o peso, lute em uma divisão mais pesada", concluiu.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte