Topo

MMA


Promessa do UFC é pega em antidoping por princípio ativo da maconha

Gary A. Vasquez/USA TODAY Sports
Cynthia Calvillo (esq) foi pega no exame antidoping Imagem: Gary A. Vasquez/USA TODAY Sports

Ag. Fight

18/01/2018 06h00

 

Depois de perder a invencibilidade no MMA para Carla Esparza no último show do UFC na temporada 2017, a americana Cynthia Calvillo, uma das grandes promessas da organização presidida por Dana White, recebeu mais uma péssima notícia na última quarta-feira (17).

De acordo com comunicado oficial da USADA (agência antidoping americana) enviado ao UFC, a atleta foi flagrada em um teste surpresa realizado já no período de competição, quando ela testou positivo para THC (tetraidrocanabinol), o princípio ativo mais potente da maconha.

Em seu site oficial, o evento afirmou que foi notificado pela agência e informou que Calvillo excedeu o limite de 180 ng/ml (nanograma por mililitro) de THC no corpo, o que pode lhe garantir punição não apenas pela USADA mas também pela Comissão Atlética de Nevada, responsável pela chancela do evento realizado no dia 30 de dezembro.