Topo

MMA

Amanda Nunes explica desafio feito a Cris 'Cyborg': "Será gigante"

Erik Verduzco/Las Vegas Review-Journal via AP
Amanda Nunes posa com o cinturão durante evento promocional para o UFC 213 Imagem: Erik Verduzco/Las Vegas Review-Journal via AP

Ag. Fight

19/01/2018 13h53

 

Pelo andar da carruagem, a superluta entre Cris 'Cyborg' e Amanda Nunes deve mesmo sair do papel. Após a campeã peso-pena (66 kg) abrir as portas para o duelo contra a compatriota, foi a vez da 'Leoa' voltar a falar sobre o combate. E a dona do cinturão peso-galo (61 kg) parece ter certeza de que essa é a disputa a ser casada no momento.

Durante uma entrevista ao portal canadense 'TSN', Amanda deixou claro que ainda não tem nenhum acerto para enfrentar a compatriota. Contudo, a Leoa apontou que, assim como ela, Cyborg enfrenta dificuldades para encontrar adversárias em sua divisão e, por isso, a realização desse combate faria sentido em todos os aspectos.

"Eu não sei nada sobre isso ainda, mas com certeza o próximo passo seria trabalhar nisso. E independentemente da luta, eu estarei pronta. Mas acho que isso será gigante. Eu respeito a Cyborg e tudo o que ela já fez. Acho que não tenho nada na minha divisão e ela não tem nada na divisão dela e é por isso que essa luta deveria acontecer. Veremos", afirmou, antes de lembrar que tem experiência enfrentando atletas da categoria acima.

"Eu lutei nos pesos-penas contra a Julia Budd antes de descer de categoria. E eu venci a Germaine de Randamie e ela subiu. Acho que essa luta tem que acontecer, temos que fazer isso para o MMA feminino. Somos duas campeãs, acho que será incrível", apontou.

Desde que conquistou o cinturão dos galos em duelo contra Miesha Tate, Amanda defendeu seu posto em duas ocasiões e venceu Ronda Rousey e Valentina Shevchenko. Por sua vez, Cyborg fez sua primeira defesa de título no UFC em dezembro passado quando superou Holly Holm por pontos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!