Topo

MMA

Amanda Nunes explica desafio feito a Cris 'Cyborg': "Será gigante"

Erik Verduzco/Las Vegas Review-Journal via AP
Amanda Nunes posa com o cinturão durante evento promocional para o UFC 213 Imagem: Erik Verduzco/Las Vegas Review-Journal via AP

Ag. Fight

19/01/2018 13h53

 

Pelo andar da carruagem, a superluta entre Cris 'Cyborg' e Amanda Nunes deve mesmo sair do papel. Após a campeã peso-pena (66 kg) abrir as portas para o duelo contra a compatriota, foi a vez da 'Leoa' voltar a falar sobre o combate. E a dona do cinturão peso-galo (61 kg) parece ter certeza de que essa é a disputa a ser casada no momento.

Durante uma entrevista ao portal canadense 'TSN', Amanda deixou claro que ainda não tem nenhum acerto para enfrentar a compatriota. Contudo, a Leoa apontou que, assim como ela, Cyborg enfrenta dificuldades para encontrar adversárias em sua divisão e, por isso, a realização desse combate faria sentido em todos os aspectos.

"Eu não sei nada sobre isso ainda, mas com certeza o próximo passo seria trabalhar nisso. E independentemente da luta, eu estarei pronta. Mas acho que isso será gigante. Eu respeito a Cyborg e tudo o que ela já fez. Acho que não tenho nada na minha divisão e ela não tem nada na divisão dela e é por isso que essa luta deveria acontecer. Veremos", afirmou, antes de lembrar que tem experiência enfrentando atletas da categoria acima.

"Eu lutei nos pesos-penas contra a Julia Budd antes de descer de categoria. E eu venci a Germaine de Randamie e ela subiu. Acho que essa luta tem que acontecer, temos que fazer isso para o MMA feminino. Somos duas campeãs, acho que será incrível", apontou.

Desde que conquistou o cinturão dos galos em duelo contra Miesha Tate, Amanda defendeu seu posto em duas ocasiões e venceu Ronda Rousey e Valentina Shevchenko. Por sua vez, Cyborg fez sua primeira defesa de título no UFC em dezembro passado quando superou Holly Holm por pontos.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!