Topo

MMA

Após vitória de Cormier, Jones reaparece e diz: "Meu melhor está para vir"

Reprodução/UFC
Daniel Cormier e Jon Jones fazem encarada tranquila no UFC 214 Imagem: Reprodução/UFC

Ag. Fight

21/01/2018 12h00

Dono de uma das carreiras mais respeitáveis da história do MMA, Daniel Cormier deu outro passo importante para deixar gravado para sempre o seu nome no esporte. Na madrugada deste domingo (21), o americano nocauteou Volkan Oezdemir e manteve o seu cinturão dos meio-pesados (93 kg), mas na comemoração do triunfo fez questão de lembrar Jon Jones, sua eterna pedra no sapato.

Ainda dentro do octógono, DC lembrou das únicas derrotas que o seu cartel sustenta - ambas para Bones. E parece que isso foi o suficiente para o rival "reaparecer das cinzas". Suspenso por ter testado positivo para substâncias proibidas, Jones tem sido bastante reservado em suas redes sociais desde a última polêmica. Mas isso ficou para trás na última madrugada.

Através de sua conta no Twitter, Jon Jones respondeu a um dos seus seguidores, após ele dizer que Bones seguia como o verdadeiro campeão dos meio-pesados. "Obrigado, irmão. Meu melhor ainda está por vir", escreveu o ex-detentor do cinturão.

Jon Jones tem 30 anos e um cartel quase impecável. São 22 vitórias, uma derrota e uma luta sem resultado. O americano havia vencido Daniel Cormier e reconquistado o título dos meio-pesados em julho, mas logo depois teve o cinturão cassado por ser flagrado no doping.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!