Topo

MMA

Cris Cyborg ataca Amanda Nunes: "Vou colocá-la no lugar dela"

Reprodução/Instagram
Cris 'Cyborg' atacou Amanda Nunes neste domingo Imagem: Reprodução/Instagram

Ag. Fight

Ag. Fight

21/01/2018 11h00

 

Em um futuro muito breve, os fãs brasileiros de MMA deverão ter que dividir sua torcida para duas das melhores atletas da atualidade. Isso porque a superluta entre Cris 'Cyborg' e Amanda Nunes está cada vez mais próxima de acontecer, apesar de não ser a vontade da primeira, que já deixou clara a insatisfação em dividir um octógono com uma lutadora do mesmo país.

Falando um pouco mais sobre esse possível confronto, Cris aproveitou o sábado de folga para fazer uma 'live' em sua conta no Instagram. O motivo foi para justificar uma entrevista dada por ela mesma onde dizia que iria "matar" Amanda no octógono. O campeã dos penas (66 kg) deixou claro que essa não é a sua intenção, mas confessou que a vontade de Amanda a deixou bastante irritada.

"Provavelmente, como a minha sobrinha, você também deve ter visto a minha entrevista. Ela tem 11 anos e nem tem Facebook. Ela perguntou se eu ia matar alguém. Foi um modo de falar sobre a luta da Amanda. Eu estava irritadíssima dando entrevista. Acho que não tem nada a ver Brasil contra Brasil. Não vai acrescentar em nada na minha carreira e na minha divisão. Acho que ela só está pensando no dinheiro. Ela me desrespeitou e se essa luta acontecer eu vou só colocar ela no lugar dela. Temos que colocar os pingos nos is", afirmou a curitibana.

Apesar de ser contra a ideia de enfrentar outra brasileira, Cyborg novamente afirmou que se for essa a intenção do Ultimate e sua única opção para retornar ao octógono, ela aceitará o desafio.

"Não acho que ela está pensando no que está fazendo. Está pensando apenas no dinheiro. Mas se eu tiver que fazer isso, eu vou fazer. Meu empresário vai falar com o UFC", concluiu.

A possibilidade maior é que Amanda Nunes e Cris Cyborg façam a luta principal de um evento numerado no Brasil. Especula-se que o Rio de Janeiro seja o palco deste confronto, ainda no primeiro semestre deste ano.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!