Topo

Esporte

Miocic se autodeclara "melhor de todos" e explica polêmica com Dana White

Ag. Fight

21/01/2018 16h00

Stipe Miocic entrou para a história do maior torneio de MMA do mundo na madrugada deste domingo (21) ao derrotar Francis Ngannou na luta principal do UFC 220, em Boston (EUA), e defender o cinturão dos pesos-pesados pela terceira vez seguida - feito nunca antes atingido por qualquer atleta do Ultimate. Sendo assim, seria correto considerar o norte-americano o maior de todos os tempos em sua categoria na organização? De acordo com o próprio lutador, sim.

Miocic resolveu deixar a modéstia de lado na entrevista coletiva após a luta. Diante dos jornalistas presentes, o campeão foi perguntado se ele poderia ser considerado o melhor peso-pesado de todos os tempos a ter pisado no octógono. Foi o suficiente para o americano dizer que sim e relembrar um pouco da sua trajetória dentro do Ultimate.

"Po***! Sim, eu sou. Ninguém defendeu o cinturão três vezes. Eu fiz isso e tive uma sequência de assassinos para chegar lá. Eu tive um caminho difícil para chegar ao título e um caminho difícil para defendê-lo. Tive que lutar com (Andrei) Arlovski, então tive que lutar com (Fabrício) Werdum no Brasil diante de 45 mil pessoas. Maluco. Então (Alistair) Overeem, um assassino campeão do K-1, bate como toneladas de tijolos. Em seguida, Junior 'Cigano', de quem eu perdi antes. Agora peguei um cara que é um fenômeno. Nunca nada fácil. Sei que lutar não é fácil, mas nunca tive um caminho simples. Tudo foi difícil", ponderou Miocic

A coletiva também serviu para que o campeão explicasse um pouco melhor aquilo que se passou dentro do octógono. Ao ser declarado vencedor, Miocic tomou o cinturão de Dana White, presidente do UFC, e entregou para um de seus treinadores para que ele colocasse em sua cintura. A atitude foi vista como uma resposta ao dirigente, que vinha irritando o americano por tratar Ngannou como o futuro da categoria dos pesados.

"É o meu cara. Ele me respeita e eu o respeito. Fim da história. Eu não sei e eu realmente não me importo. Está vendo aquelas pessoas ali ? Minha família. Eles sempre me respeitam. Perdendo, ganhando ou empatando, eles são a minha família", afirmou com nítido tom de insatisfação.

Stipe Miocic venceu Francis Ngannou por decisão unânime dos juízes após cinco rounds. Foi a 18ª vitória da carreira do americano, que conta com apenas duas derrotas em seu cartel.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte