Topo

MMA

Dana White projeta superluta entre Daniel Cormier e Stipe Miocic

Gregory Payan/AP
Stipe Miocic comemora vitória sobre Francis Ngannou no UFC 220 Imagem: Gregory Payan/AP

Ag. Fight

22/01/2018 06h00

 

O UFC 220 serviu para sacramentar de vez o reinado de dois importantes lutadores da maior organização de MMA do mundo. Na divisão dos pesados, Stipe Miocic entrou para a história ao vencer Francis Ngannou e ser o primeiro de sua categoria a defender o título por três vezes seguidas. Já nos meio-pesados (93 kg), Daniel Cormier superou o difícil Volkan Oezdemir e espantou o fantasma de Jon Jones. Qual deveria ser o futuro para estes dois atletas?

Essa pergunta foi respondida por Dana White, em entrevista à 'Fox Sports' americana após o evento. De acordo com o dirigente, um duelo entre os dois campeões pode ser a saída mais interessante para o torneio, já que DC chegou a ser campeão do GP dos pesados do Strikeforce e entrou no UFC como um atleta dessa categoria.

"Eu acabei de falar com ele (Cormier). Não vejo motivo para ele não poder lutar nos pesados. Se ele acha que o Cain pode voltar, então, se ele ganhar o cinturão, ele pode desistir. Mas de qualquer jeito, é uma boa luta. Com todas as defesas que ele tem, Stipe acaba de bater o recorde de defesas, então é uma luta interessante. Acho que é uma luta que as pessoas gostariam de ver", projetou o mandatário.

O maior problema para Cormier seria justamente Cain Velasquez, seu amigo e companheiro de equipe. Questionado sobre a possibilidade de subir de peso na coletiva após o UFC 220, o campeão dos meio-pesados deixou claro que não vê essa possibilidade caso seu colega esteja vivo na disputa pelo título dos pesados.

"Não pensei realmente sobre isso. Para mim é difícil agora, porque Cain está na academia. Cain está voltando, se preparando para fazer o que ele faz de melhor. Se ele está se preparando para pegar aquele cinturão de volta, então eu não tenho nada a fazer pela categoria. Isso nunca vai mudar", decretou DC.

Miocic também foi questionado sobre o tema. Sem qualquer tipo de empecilho, o americano de origem croata deixou em aberto o possível duelo, mas afirmou estar mais preocupado em seus afazeres pessoais no momento.

"É, agora eu não ligo. Acabo de terminar uma luta há 45 minutos. Uma luta com um cara realmente duro. Eu realmente não ligo agora. Só quero ir para casa, ver meus cachorros e minha esposa. Só quero relaxar", encerrou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!