Topo

Esporte

Roy Jones Jr. acusa Dana de ser único obstáculo para superluta com A. Silva

Anthony Geathers/Getty Images/AFP
Anderson Silva poderia se arriscar no boxe Imagem: Anthony Geathers/Getty Images/AFP

Ag. Fight

23/01/2018 06h00

 

Depois da superluta de boxe entre Floyd Mayweather e Conor McGregor em agosto passado, o cenário ficou aberto para que outros atletas também pleiteassem por uma chance de se enfrentarem em eventos desse tipo, como é o caso de Roy Jones Jr., que pede por um confronto contra Anderson Silva há anos. E parece que agora este combate está mais perto de acontecer do que nunca. Ao menos é isso que o pugilista garante, já que o acerto agora depende apenas da aprovação de Dana White.

Em entrevista ao site 'TMZ Sports', Jones revelou que existem investidores em Chicago (EUA) interessados em promover a superluta. O boxeador ainda aproveitou o espaço para pedir que White liberasse "Spider" de seu contrato, já que o presidente do UFC abriu a mesma brecha para McGregor na temporada passada.

"Vou lutar com o Anderson Silva. Por ele, pelo dinheiro e porque sempre falamos sobre isso antes. Por ele, eu luto. Sempre quis que isso acontecesse e tenho alguns caras em Chicago que querem investir e também fazer isso acontecer. O certo a se fazer é liberá-lo, liberá-lo do contrato dele e fazer isso. Dana é o único obstáculo. Porque eu quero, Anderson quer, mas precisamos do 'ok' do Dana. Você autorizou o Conor McGregor, por que não autorizar um dos melhores de todos os tempos agora? Dana, quando você era um 'Zé Ninguém", eu o tratei como um alguém. Então, deixa o seu garoto fazer o que ele quer fazer e o que todos os fãs querem ver", opinou o pugilista.

"Será uma luta de boxe, não será MMA. Ele tem experiência de boxe. Ele não é o Conor McGregor que não tinha nenhuma experiência profissional de boxe. É uma luta mais realista e é uma luta que Anderson Silva vai ganhar muito mais do que Conor McGregor poderia ganhar ou Floyd Mayweather".

O americano possui 74 lutas como profissional e soma 65 vitórias e nove derrotas. Aos 49, Jones continua ativo e se prepara para enfrentar Scott Sigmon no próximo dia 8 de fevereiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte