Topo

MMA

Namajunas afasta cobrança por nova vitória em revanche contra Joanna

Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Rose Namajunas é a nova campeã peso palha do UFC Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

25/01/2018 08h00

Depois de nocautear Joanna Jedrzejczyk ainda no primeiro round no UFC 217 - evento realizado em novembro passado - Rose Namajunas não só acabou com a invencibilidade da sua adversária, mas também conquistou o cinturão da categoria peso-palha (52 kg). Com o novo posto, a americana já tem a sua primeira defesa confirmada, justamente contra a ex-campeã da divisão.

Em entrevista ao podcast 'JRE MMA Show', a americana garantiu que estará preparada para vencer Joanna em mais uma oportunidade. Entretanto, a atual campeã revelou que a pior parte de uma revanche é ter a pressão de precisar repetir o resultado anterior, principalmente a forma como conquistou a vitória incontestável.

"Essa é a parte difícil de fazer uma revanche. Você não pode pintar a Mona Lisa duas vezes. Preciso fazer algo diferente, mas não se mexe em time que está ganhando. Precisamos continuar fazendo o que estamos fazendo, mas melhorar o tempo todo, obviamente. Preciso lembrar que qualquer coisa pode acontecer a qualquer momento e qualquer um pode ser perigoso. O que tiver que ser, será. Sinto que sou uma artista marcial melhor e uma lutadora melhor. Tenho muita coisa acontecendo comigo. Preciso me lembrar dessas coisas", analisou a americana.

Sobre essa vitória, Namajunas garantiu que sempre soube da sua capacidade e que confiava em um possível nocaute diante da polonesa. Isso porque, de acordo com a atual campeã, após estudar o estilo da adversária ela e sua eequipe concluíram que a melhor saída para terminar o combate não seria levar a luta para o chão.

"Sabia que iria nocauteá-la, porque todo mundo tenta desesperadamente derrubá-la. Todo mundo tenta derrubá-la pelo que estudei. Fiquei frente a frente com a Valentina Shevchenko , indo para frente e para trás... Tinha Pat 'HD' Barry no meu corner. Tinha Trevor Wittman. Fiz taekwondo a minha vida inteira. Não foi algo que eu nunca tivesse visto antes. Esse estilo holandês de kickboxing é ótimo e difícil. É intimidador ficar frente a frente com isso, mas eu sabia dançar a música. Parece assustador, mas não é nada para ficar assustado", revelou a atual campeã.

Namajunas realizou dez confrontos como profissional, dos quais acumula sete vitórias e três derrotas - incluindo a sua primeira tentativa de conquistar o cinturão das palhas, quando foi derrotada para Carla Esparza em dezembro de 2014. A revanche contra Joanna acontecerá no próximo dia 7 de abril, no UFC 223, e será o co-main event da noite.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!