Topo

Esporte

Dana White revela "estar feliz" por migração de Ronda Rousey para WWE

Ag. Fight

30/01/2018 12h36

Nesse domingo (28), Ronda Rousey surpreendeu a muitos ao fazer uma aparição no evento Royal Rumble. Sua participação especial no show simbolizou o início das atividades sob seu contrato com a WWE (maior liga de telecatch do mundo). Imediatamente, apesar da migração, a americana não descartou que poderia voltar ao MMA no futuro e, ao que parece, o presidente do UFC não guardou mágoas da sua ex-atleta.

No dia da sua aparição, Ronda garantiu que pretende levar Dana White, seu amigo pessoal, a um dos combates que irá realizar. De acordo com a própria lutadora, o objetivo é mostrar para o presidente do UFC o quanto essa mudança significa para ela. Por isso, em entrevista ao site 'Las Vegas Review Journal', o cartola revelou que está feliz pela migração da ex-campeã.

"Estou muito feliz por ela. Ela ama wrestling profissional e sempre foi uma grande fã, então sei o quanto isso significa para ela. Ela continua conquistando tudo o que sempre quis", prometeu o presidente do Ultimate.

A americana entrou no UFC em 2013, quando realizou a sua primeira defesa do cinturão da categoria peso-galo (61 kg). Com o título em mãos, Ronda deixou o octógono em seis oportunidades como campeã. Em 2015, 'Rowdy' foi nocauteada por Holly Holm, em sua primeira derrota na carreira. Antes de deixar o Ultimate, a ex-campeã chegou a enfrentar Amanda Nunes pelo posto mais alto da divisão, mas sofreu um novo nocaute ainda no primeiro round, em dezembro de 2016.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte