Topo

MMA

Robert Whittaker retorna aos treinos depois de grave infecção

Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Robert Whittaker disfere joelhada em Yoel Romero na luta principal do UFC 213 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

31/01/2018 08h00

Depois que Georges St-Pierre deixou o cinturão dos pesos-médios (84 kg) vago, em função de uma colite ulcerativa - doença inflamatória intestinal -, Robert Whittaker pulou o processo de unificação e se tornou o campeão linear da categoria. Entretanto, antes da sua primeira defesa de título, o australiano foi retirado do card do UFC 221 - evento marcado para o próximo dia 11 de fevereiro, em Perth (Austrália) - devido a uma infecção por estafilococos.

Apesar de não ter sido revelado quando poderia retomar as suas atividades, o atual campeão dos médios não ficou afastado por muito tempo. Isso porque, em sua conta do Instagram, Whittaker publicou uma foto em que aparece de volta aos compromissos na academia. Na legenda, o australiano escreveu: "Feliz por voltar ao trabalho", e ainda complementou com a hashtag "voltarei mais forte do que nunca".

Depois de deixar o card na Austrália, o atual campeão foi substituído por Yoel Romero no confronto contra Luke Rockhold. Com a mudança de lutadores, a luta principal da edição 221 do show valerá pelo cinturão interino da divisão.

Whittaker conquistou o título interino da categoria ao derrotar Romero por decisão unânime dos juízes laterais, em julho passado. Com isso, o australiano chegou a sua oitava vitória consecutiva no UFC. Na carreira, o campeão dos médios acumula quatro revezes e 19 resultados positivos.

 

Pumped to get back to work #willbebackstrongerthanever

A post shared by Robert Whittaker (@robwhittakermma)

on