Topo

Esporte

Romero fatura quase a metade da bolsa de Rockhold após punição no UFC 221

Ag. Fight

Ag. Fight

12/02/2018 16h20

A luta principal do UFC 221, ocorrido nesse sábado (10), em Perth (Austrália), tinha em jogo o título interino dos médios (84 kg). No entanto, apenas Luke Rockhold poderia deixar o octógono com o cinturão em mãos, já que Yoel Romero falhou na balança e ficou 1,2 kg acima do limite permitido na categoria. O fato de não ter batido o peso, prejudicou o cubano não só em relação ao posto de campeão, mas também com o seu salário.

De acordo com informações levantados pelo site 'The Sports Daily', o número um do ranking oficial dos médios recebeu pela sua participação no show aproximadamente metade do pagamento de Rockhold. Como o 'Soldado de Deus' ficou acima do peso, o americano se beneficiou com 105 mil dólares (cerca de R$ 350 mil) da bolsa do seu adversário, totalizando 485 mil dólares (em torno de R$ 1,6 milhão). Já Romero embolsou "apenas" 225 mil dólares (R$ 720 mil).

Contudo, o destaque da noite foi para o veterano Mark Hunt. Somando a sua bolsa com o patrocínio da Reebok, o neozelandês deixou Perth com o pagamento de 765 mil dólares (aproximadamente R$ 2,5 milhões). O adversário do peso-pesado, Curtis Blaydes, por sua vez, recebeu meros 51 mil dólares (em torno de R$ 170 mil) pela bolsa, patrocínio e bônus de vitória.

Depois de conquistar o bônus por 'Performance da Noite', Jussier Formiga também foi favorecido com o seu pagamento. O brasileiro deixou a Austrália 102 mil dólares (cerca de R$ 335 mil) mais rico, ao somar a bolsa, o patrocínio da Reebok, o bônus pela vitória e o bônus de performance.

Confira a lista detalhada de pagamentos abaixo:

Mark Hunt: U$ 765 mil (U$ 750 mil por lutar + U$ 15 mil pelo patrocínio da Reebok)

Luke Rockhold: U$ 485 mil (U$ 350 mil por lutar + U$ 105 mil por Romero não ter atingido o peso + U$ 30 mil pelo patrocínio da Reebok)

Yoel Romero: U$ 255 mil (U$ 350 mil por lutar + U$ 10 mil pelo patrocínio da Reebok - U$ 105,000 pela multa por não ter atingido o peso)

Ross Pearson: U$ 128 mil (U$ 54 mil por lutar + U$ 54 mil pela vitória + U$ 20 mil pelo patrocínio da Reebok)

Jake Matthews: U$103 mil (U$ 24 mil por lutar + U$ 24 mil pela vitória + U$ 50 mil pelo bônus de 'Luta da Noite + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Jussier Formiga: U$ 102 mil (U$ 21 mil por lutar + U$ 21 mil pela vitória + U$ 50 pelo bônus de 'Performance da Noite'+ U$ 10 mil pelo patrocício da Reebok)

Li Jingliang: U$ 75 mil (U$2 0 mil por lutar + U$ 50 mil pelo bônus de 'Luta da Noite + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Israel Adesanya: U$ 73,5 mil (U$ 10 mil por lutar + U$ 10 mil pela vitória + U$ 50 mil pelo bônus de 'Luta da Noite + U$ 3,5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Curtis Blaydes: U$ 51 mil (U$ 23 mil por lutar + U$ 23 mil pela vitória + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Teruto Ishihara: U$ 51 mil (U$ 23 mil por lutar + U$ 23 mil pela vitória + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Alexander Volkanovski: U$ 37 mil (U$ 16 mil por lutar + U$ 16 mil pela vitória + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Tyson Pedro: U$ 33 mil (U$ 14 mil por lutar + U$ 14 mil pela vitória + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Dong Hyun Kim: U$ 33 mil (U$ 14 mil por lutar + U$ 14 mil pela vitória + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Tai Tuivasa: U$ 27,5 mil (U$ 12 mil por lutar + U$ 12 mil pela vitória + U$ 3,5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Luke Jumeau: U$ 27,5 mil (U$ 12 mil por lutar + U$ 12 mil pela vitória + U$ 3,5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Mizuto Hirota: U$ 24 mil (U$ 19 mil por lutar + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Ben Nguyen: U$ 23 mil (U$ 18 mil por lutar + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Jose Alberto Quinonez: U$ 21 mil (U$ 16 mil por lutar + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Cyril Asker: U$ 19 mil (U$ 14 mil por lutar + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Damien Brown: U$ 19 mil (U$ 14 mil por lutar + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Jeremy Kennedy: U$ 19 mil (U$ 14 mil por lutar + U$ 5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Daichi Abe: U$ 15,5 mil (U$ 12 mil por lutar + U$ 3,5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Saparbek Safarov: U$ 13,5 mil (U$ 10 mil por lutar + U$ 3,5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Rob Wilkinson: U$ 13,5 mil (U$ 10 mil por lutar + U$ 3,5 mil pelo patrocínio da Reebok)

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte