Topo

Esporte

Filha de lutador do UFC escapa ilesa de atentado à escola nos EUA

Ag. Fight

14/02/2018 22h45

O peso-pesado ucraniano Alexey Oleynik passou por um susto e tanto nesta quarta-feira (14). Ao ser informado que a escola onde sua filha estuda nos EUA foi alvo de um tiroteio em massa, o lutador do UFC não teve dúvidas e se  dirigiu ao local, onde pôde constatar que ela havia escapado ilesa.

Polina Oleunik, filha do atleta de 40 anos, estava dentro da 'Marjory Stoneman Douglas High School' durante o atentado que, de acordo com a polícia local, vitimou ao menos 16 pessoas. Em poucas palavras, Alexey tentou resumir o que sentiu em suas contas em redes sociais.

"Sem comentários, terríveis momentos para os pais. Minha filha hoje. Teve um tiroteio na escola dela", resumiu enquanto filmava a filha abraçando emocionada uma mulher.

O atentado foi realizado na cidade de Parkland, na Florida, município vizinho a Coconut Creek, sede da America Top Team, onde treina o lutador. Até o fechamento desta notícia, a polícia havia prendido um ex-estudante da escola como suspeito de efetuar os disparos.

Oleynik está escalado para enfrentar o brasileiro Junior 'Baby' no dia 12 de maio, na cidade do Rio de Janeiro.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte