Topo

Esporte

Chael Sonnen ataca possível retorno de Tito Ortiz ao UFC: "Jogada de m***"

Ag. Fight

26/02/2018 13h32

Nas últimas semanas, Tito Ortiz tornou público o seu desejo de abandonar a sua aposentadoria para realizar uma trilogia contra Chuck Liddell no UFC. O americano pendurou as lutas oficialmente em janeiro de 2017, depois de realizar sua quarta luta pelo Bellator. Apesar do que esse possível retorno poderia acrescentar ao esporte, nem todo mundo está empolgado em ver a reestreia do 'Bad Boy de Huntington Beach' de volta ao cage.

Em um vídeo postado no seu próprio canal do Youtube nessa sexta-feira (23), Chael Sonnen revelou que desaprova a volta de Ortiz ao UFC. Para o americano, o Bellator foi muito significativo para a carreira do 'Bad Boy' e, por isso, o ex-campeão dos meio-pesados(93 kg) não deveria cogitar retomar sua carreira no octógono.

"Estou dizendo que isso foi uma jogada de m... Tito, depois de tudo que Scott Coker fez por você, ele fez tudo por você, você era o rosto da organização, você era evento principal, fazia muito dinheiro, é assim que você responde? Você vai deixar a aposentadoria e vai lutar com Chuck no UFC? Você vai fazer isso com Coker? Vai lutar no UFC? Você encerrou sua carreira no Bellator. Você era tratado da melhor maneira no Bellator. Você vai a shows do Bellator. Gostando do Tito ou não, e eu não gosto, mas ele é um ótimo rosto para o esporte, as pessoas o reconhecem", argumentou o semifinalista do Grand Prix peso-pesado do Bellator.

"Primeiramente, na minha opinião isso é desleal e uma jogada de m.... Depois, do ponto de vista de relações públicas, o quão idiota você pode ser? Você não vai conseguir essa luta no UFC. Isso não vai acontecer. Agora, você mostrou sua lealdade, mostrou suas cartas e não vai conseguir. Então, você vai ser reiniciado por quem você está tentando impressionar e vai deixar o outro lado p***. Eu não entendo. Não entendo como ou porquê ele está fazendo isso".

A última luta da carreira de Ortiz foi justamente contra Sonnen, em janeiro de 2017. No confronto, o Bad Boy de Huntington Beach finalizou o semifinalista do Grand Prix do Bellator ainda no primeiro round e pendurou as suas luvas.

Mais Esporte