Topo

Esporte

Edson Barboza ressalta permanência entre top 5 e promete "guerra" contra Kevin Lee

Ag. Fight

Ag. Fight

26/02/2018 15h01

No último dia 30 de dezembro, Edson Barboza subiu no octógono do UFC 219 para encarar Khabib Nurmagomedov e saiu derrotado depois de ostentar sequência de mais de dois anos invicto. Após uma dura batalha de três rounds, o brasileiro foi superado na decisão unânime dos juízes. Contudo, apesar da derrota, o atleta de Nova Friburgo (RJ) permanece na 4ª posição no ranking dos pesos-leves (70 kg) logo atrás dos próximos desafiantes ao cinturão. E quem pensa que o revés contra o russo abalou o lutador está muito enganado.

Através de um vídeo enviado pela assessoria de imprensa do atleta, Barboza ressaltou que continua entre os cinco primeiros da categoria e que uma vitória em sua próxima luta pode lhe colocar bem próximo de uma disputa de cinturão novamente. Além disso, o brasileiro ponderou que sua derrota foi para ninguém menos que o atual desafiante ao título, invicto na carreira.

"Eu continuo entre os cinco melhores da categoria, então estou muito perto do cinturão, se eu vencer agora já me coloca na linha para ser um dos próximos desafiantes. Eu sofri uma derrota para o cara que vai disputar o cinturão agora e continuo muito perto do meu objetivo", declarou.

No próximo dia 21 de abril, Barboza voltará a subir no octógono para enfrentar Kevin Lee no UFC Fight Night 128, evento que será realizado em Atlantic City (EUA). Consciente de que precisa voltar a vencer para sonhar com uma disputa de cinturão, o brasileiro prometeu uma grande atuação no duelo.

"O Kevin Lee é um excelente atleta, está entre os dez melhores do mundo, está bem ranqueado. Estamos falando dos melhores do mundo, então tudo pode acontecer. Mas eu vou me preparar muito para essa luta para trazer a vitória para o nosso país. Vai ser uma guerra, como sempre. Todo mundo sabe que toda vez que eu subo lá eu me preparo para uma guerra - e dessa vez não vai ser diferente", afirmou.

Antes da derrota para Nurmagomedov Barboza vinha de boa sequência de três vitórias consecutivas. Aos 32 anos de idade, o brasileiro especialista em muay thai coleciona na carreira um cartel com 19 triunfos e cinco reveses.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte