Topo

MMA

Lutador nocauteia rival após gongo e é eliminado "no tapetão" no UFC 222

Rigel Salazar/Ag Fight
C.B. Dollaway é atingido por Hector Lombard Imagem: Rigel Salazar/Ag Fight

Ag. Fight

03/03/2018 22h28

Realizado neste sábado (3) no ginásio T-Mobile Arena, na cidade de Las Vegas (EUA), o card preliminar do UFC 222 contou com uma luta que já entra para a lista de uma das maiores polêmicas do ano. Em duelo muito aguardado pelos fãs, C. B. Dollaway e Hector Lombard não trouxeram toda a emoção esperada ao octógono, mas garantiram um dos momentos mais curiosos da temporada 2018 até então. E no final dos cinco minutos, um golpe ilegal garantiu a derrota por desclassificação do judoca cubano.

Rigel Salazar/Ag Fight
Imagem: Rigel Salazar/Ag Fight

Assim que o sinal do fim do primeiro round decretou o final das ações, os atletas ainda estavam em posição de ataque, o que fez com que Lombard desferisse dois golpes a mais que abreviaram o fim da disputa. Isso porque, o segundo deles levou o americano a knockdown, que não teve condições de retornar à disputa.

Como os juízes entenderam que houve tempo suficiente para que o cubano entendesse que a luta havia sido interrompida, a desclassificação foi apontada após alguns minutos de análise do replay. No entanto, vale lembrar que Lombard ainda pode recorrer do resultado.

Aposentadoria

Veterano de longa data do MMA, Mike Pyle foi nocauteado pela terceira vez seguida no octógono e aproveitou para anunciar o final de sua carreira no esporte. Aos 42 anos, o americano não viu a cor da bola e beijou a lona ainda no assalto inicial diante de Zak Ottow, anotando seu quinto revés nas últimas seis disputas.

Emocionado, o guerreiro de tantas batalhas - ele compete no UFC desde 2009 e soma 42 disputas como profissional de MMA - não segurou as lágrimas e deu adeus aos fãs que o apoiaram por tanto tempo no esporte.

Acompanhe os resultados do UFC 222:

C. B. Dollaway venceu Hector Lombard por desclassificação;
Zak Ottow nocauteou Mike Pyle no 1º round;
Cody Stamann venceu Bryan Caraway por decisão dividida;
Jordan Johnson venceu Adam Milstead por decisão dividida.