Topo

MMA

Yana Kunitskaya admite nervosismo ao encarar Cris 'Cyborg' no UFC 222

Diego Ribas/Ag. Fight
Imagem: Diego Ribas/Ag. Fight

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

05/03/2018 10h00

Como esperado pela maioria, Yana Kunitskaya não conseguiu parar Cris 'Cyborg'. No último sábado (3) as atletas se enfrentaram no UFC 222 pelo cinturão peso-pena (66 kg) e a campeã saiu com a vitória por nocaute ainda no primeiro round. No início do combate, a russa chegou a assustar a brasileira com uma queda, mas acabou sendo dominada logo depois. E, de acordo com a antiga dona do título dos galos (61 kg) do Invicta FC que fez sua estreia no Ultimate, o fato de encarar possivelmente a melhor lutadora de todos os tempos lhe transmitiu um nervosismo que afetou a sua performance.

Durante uma conversa com jornalistas logo após o evento, Yana revelou que entrou no octógono um pouco nervosa para a luta. Na visão da russa, o seu maior problema durante o confronto foi o aspecto mental e não a parte estratégica.

"Acho que eu estava um pouco nervosa porque enfrentar a Cris Cyborg é um grande desafio e aquela não era minha divisão de peso. Mas é tudo um problema mental e eu vou tentar consertar isso para voltar mais forte", afirmou.

Apesar de nocauteada ainda no primeiro round, Yana começou bem o combate e chegou a dar sinais que poderia complicar a vida da brasileira. E, talvez por isso, a russa tenha ficado tão abalada com a derrota ainda na etapa inicial do confronto.

"É por isso que estou tão triste. Sinto que eu poderia ter controlado essa luta em alguns pontos. Mas vocês viram o que aconteceu", afirmou, antes de revelar que voltará para sua antiga divisão. "Sim, eu vou voltar para os pesos-galos".

Lutadora profissional desde 2009, Yana teve uma passagem de pouco mais de um ano pelo Invicta FC, quando conquistou o título dos galos da companhia. Aos 28 anos de idade, a russa coleciona na carreira um cartel com 10 vitórias, quatro derrotas e um empate.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!