Topo

MMA

José Aldo considera que Frankie Edgar errou ao aceitar enfrentar Ortega

Buda Mendes/Getty Images
Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Ag. Fight

12/03/2018 08h00

Frankie Edgar definitivamente não viveu momentos agradáveis neste começo de ano. Antes escalado para enfrentar o campeão da divisão dos penas (66 kg), Max Holloway, o americano viu seu oponente se machucar há poucos dias do UFC 222, mas aceitou encarar Brian Ortega e acabou nocauteado. Essa situação acabou gerando uma indagação na mente de muitos especialistas e atletas: Teria Frankie Edgar se precipitado em suas escolhas? De acordo com José Aldo, sim.

Em entrevista ao "Canal Combate', o manauara revelou que não ficou surpreso com o triunfo de Ortega, mas também deixou claro que considerou um erro a decisão de Edgar em aceitar o substituto com poucos dias para a realização do evento, o que acabou prejudicando a caminhada do americano rumo ao título.

"Tem uma nova geração chegando. A idade chega para todo mundo e é normal ter essa renovação. Para mim, não foi (surpresa). Só acho que foi um erro o Edgar pegar a luta com o Ortega, que é um cara supernovo. Ele iria lutar pelo título, o risco era enorme. Agora ele voltou tudo de novo", ponderou o ex-campeão dos penas.

"Acho que esse foi o maior erro dele. Mas não fiquei surpreso com a derrota. Faz parte. Quando você entra lá dentro, qualquer um pode sair vitorioso, seja por nocaute ou por pontos. Faz parte do jogo", completou.

Após o nocaute aplicado por Brian Ortega em Edgar no UFC 222, Dana White, presidente do torneio, garantiu ao americano a chance de desafiar o campeão Max Holloway. Aldo, que já enfrentou e foi derrotado duas vezes pelo havaiano, deu o seu palpite para o confronto.

"É uma luta bem igual, acho. Os dois têm alcances similares. Na trocação também, não vejo nenhum como especialista. A especialidade que eu vejo no Ortega é a guilhotina, que é muito forte. Mas o Max não vai tentar levá-lo para baixo. Ele vai lutar em pé e essa luta será decidida em pé. Para mim, o melhor cenário seria que o Brian vencesse, porque desse jeito eu sei que tenho chances melhores de lutar pelo título novamente".