Topo

Esporte

Após cirurgia, Priscila Cachoeira projeta revanche com Valentina Shevchenko

Ag. Fight

22/03/2018 11h44

O co-main event do UFC Belém, realizado no último dia 3 de fevereiro, foi marcado pela estreia de Priscila Cachoeira no octógono. No entanto, a brasileira foi atropelado por Valentina Shevchenko em um confronto bastante desfavorável para a iniciante no octógono. No começo do duelo, 'Pedrita' lesionou o joelho e aplicou apenas dois golpes significativos na atleta natural do Quirguistão. Mas, depois de passar por uma cirurgia, a lutadora já pensa em um reencontro com a rival.

Para tratar o menisco e ligamento rompidos, Pedrita se submeteu a uma cirurgia e precisará ficar de repouso por cerca de seis meses - uma consequência que foi difícil para a atleta no início da sua recuperação. Em entrevista ao site 'MMA Junkie', a brasileira revelou que teve problemas por depender de outras pessoas para atividades cotidianas, mas projetou quando poderá se redimir com os fãs e, de fato, estrear no Ultimate.

"Eu passei três semanas chorando todos os dias, o tempo todo. Tinha uma vida bem ativa e de repente perdi isso. Antes, eu treinava quatro ou cinco vezes por dia. Quando estava em casa, fazia alguma coisa, lavava a roupa, fazia o jantar. Então estar incapacitada, dependendo das pessoas, não poder andar? Quase enlouqueci. Não consegui assistir a minha luta, porque eu entrava nos sites e via que chamavam de 'massacre' ou 'surra'. Vi que meu joelho estava destruído, que era sério, que eu precisava de cirurgia e ficaria fora por seis meses. Foi gradual. Primeiro fiquei em choque e desacreditada. Cheguei a questionar se eu estava no nível do UFC", narrou a lutadora.

"Sei que vou voltar e vou pedir uma revanche. Mas quero fazer algumas lutas antes. Antes da revanche, quero voltar e fazer a minha verdadeira estreia no UFC. Minha volta vai ser a minha estreia, porque estarei 100% e poderei mostrar o que sou capaz. Depois de duas ou três lutas, pedirei a revanche, com certeza. Estou me recuperando para mostrar ao mundo quem é a verdadeira Pedrita".

Com este resultado, Cachoeira sofreu o primeiro revés como profissional. A brasileira iniciou a carreira em julho de 2016 e teve nove atuações nesses quase dois anos. Em seu cartel, Pedrita acumula oito vitórias - sendo quatro por nocaute - e esta derrota na sua estreia na maior organização de MMA do mundo.

Mais Esporte