Topo

Esporte

Campeão mundial de boxe revela interesse em transição para o UFC

Ag. Fight

22/03/2018 16h35

Campeão olímpico de boxe nos Jogos de Londres (Inglaterra) em 2012, o britânico Anthony Joshua possui dois títulos mundiais da nobre arte pelas organizações IBF (International Boxing Federation) e WBA (World Boxing Association) e está de combate marcado contra o detentor do cinturão da WBO (World Boxing Organization) Joseph Parker, para o próximo dia 31 de março. Apesar do extenso currículo na nobre arte, o peso-pesado também não exclui a possibilidade de migrar para o MMA no futuro.

Durante conferência telefônica para a imprensa, o pugilista abordou o assunto com aparente disposição para negociar com UFC no futuro e fez uso do exemplo da superluta - entre o campeão do UFC Conor McGregor e o boxeador Floyd Mayweather - para falar de seu caso.

"Estou com Eddie (Hearn, promotor de boxe), ele me apoiou desde o início. Em segundo lugar, eu sou um pugilista. Eu não sou do UFC e não sei quais são os planos deles. Mas toda vez que me perguntam sobre o UFC e se eu faria uma transição como Conor McGregor fez com Floyd Mayweather, eu digo que sim", revelou o campeão.

Quando informado sobre o interesse do presidente do UFC Dana White em investir na indústria do boxe, Joshua pareceu abrir as portas para trabalhar junto com o empresário alegando felicidade por ver o cartola do MMA se aproximar dos negócios da nobre arte.

"Sim, estou 100% interessado. Todos nós podemos trabalhar juntos. Eu tenho uma relação profissional muito boa com Eddie e tenho certeza que ele está interessado em negociar com Dana White se for bom para os negócios. Nós escutaremos e entraremos 100% se fizer sentido. Estou feliz que Dana White está entrando no jogo e espero que ele possa adicionar um pouco de emoção e progresso, além de fazer boas lutas e um bom dinheiro", declarou.

Invicto na carreira, o atleta de 28 anos venceu seus 20 combates profissionais por nocaute. Seu feito mais surpreendente foi nocautear o ucraniano Wladimir Klitschko em abril de 2017.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte