Topo

Esporte

Ex-campeã mundial se despede do boxe e MMA em carta aos fãs

Ag. Fight

Ag. Fight

23/03/2018 08h00

A atuação mais recente de Ana Julaton foi em fevereiro passado, quando foi derrotada por decisão unânime por Heather Hardy no Bellator 194. Por se tratar de duas boxeadoras, os fãs esperavam que as lutadoras se reencontrassem nos ringues para uma revanche desta vez na nobre arte, o que não vai mais acontecer. Aos 37 anos, a 'Hurricane' anunciou que colocou um ponto final em sua carreira.

Em sua conta no Instagram, Julaton agradeceu a todos que a ajudaram durante os seus quase 11 anos como profissional e se despediu dos fãs. A americana publicou fotos de momentos marcantes da sua trajetória, incluindo a sua participação no Bellator, comemoração de vitórias no MMA e uma foto com os seus três cinturões de boxe. A ex-atleta também agradeceu a última oponente que enfrentou, Heather Hardy, pela oportunidade de dividirem o cage.

Como atleta de MMA, a americana atuou pelo Bellator e ONE Championship em seis oportunidades e só saiu vitoriosa em dois confrontos. Nos ringues, a última atuação de Julaton foi em março de 2017. Ao longo de sua carreira como pugilista, Hurricane acumulou 14 vitórias, quatro derrotas e três empates.

Veja a despedida de Ana Julaton abaixo ou clique aqui:

"Hoje mais cedo, falei com meu empresário de longa data e conselheiro, Sr. Allan Tremblay, que tem sido um pai, um amigo e um mentor durante a minha jornada profissional. Disse a ele que era hora de virar a página da luta.

Depois de uma profunda e emocionante conversa, falei com o Sr. Scott Coker e o agradeci por deixar eu fazer parte do Bellator. Gostaria de agradecer ao Sr. Lou Dibella e a sua equipe por terem se esforçado para arranjarem lutas de boxe para mim. Gostaria de agradecer a Heather Hardy por dividir o cage comigo e desejo o melhor para ela em sua carreira, tanto o boxe quanto MMA. Como uma competidora, dentro do ringue e do cage, estou confiante de que deixo os esportes sabendo que existem mulheres incríveis, apaixonadas e trabalhadoras, que continuarão carregando a tocha e guiando a luz para o futuro na nossa arena.

Para todos que foram positivos e continuam a criar um palco para as minhas irmãs nas artes, todas as organizações que eu lutei, obrigada. Me considero sortuda por ter a minha família na Orion Sports Management que me deu palcos imensos e oportunidades para competir no mais alto nível do boxe e MMA. Muitas memórias vêm a minha mente enquanto eu escrevo isso.

Seguindo em frente para a minha próxima jornada, estou oficialmente me aposentando como lutadora profissional. Obrigada a todos. Sou verdadeiramente honrada por vocês terem me permitido entrar nas suas vidas e corações. Serei grata para sempre.

Sinceramente,

Ana

'Você não pode conectar pontos olhando para frente, você só pode conectá-los olhando para trás. Então, você precisa confiar que os pontos se conectarão no futuro. Você precisa confiar em algo - na sua intuição, destino, vida, carma, que seja. Essa abordagem nunca me decepcionou e fez diferença na minha vida' - Steve Jobs"

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte