Topo

MMA

Floyd Mayweather deixa portas abertas para estreia no MMA em 2018: '50%'

Mark J. Rebilas/Reuters
Mayweather acerta o rosto de McGregor Imagem: Mark J. Rebilas/Reuters

Ag. Fight

27/03/2018 13h08

Em agosto passado, Floyd Mayweather nocauteou Conor McGregor em uma superluta de boxe e pendurou as luvas de maneira invicta depois de 50 confrontos. No entanto, ele nunca descartou a possibilidade de cancelar a aposentadoria. Mesmo fora dos ringues, o norte-americano flerta com a ideia de ser contratado pelo UFC e já negocia receber treinamento especial de um dos campeões do show.

Apesar de não haver nenhuma confirmação oficial sobre a migração do ex-pugilista para o MMA, Money corre atrás para se preparar. Em entrevista ao site FightHype, o norte-americano revelou que as chances de pisar no octógono ainda este ano são de 50%, e o seu treinamento já começou.

"Já comecei a treinar. Não a parte física, apenas a questão de resistência. Estou pensando em lutar MMA, pensei sobre isso. Comecei a treinar em Miami. Planejo lutar até o fim do ano, provavelmente. Ainda não sabemos. Agora está 50 a 50, não é 100% mas já comecei a treinar. Ainda não sei, mas estou muito, muito interessado. Vamos ver. Tudo leva tempo", garantiu o ex-boxeador.

Caso Mayweather realmente migre para o MMA, o que o público quer ver é uma revanche com o atual campeão dos leves (70 kg) do UFC. Mesmo que não haja certeza sobre o seu futuro, o ex-pugilista assegurou que não descarta um segundo confronto com McGregor - desde que os valores sejam altos.

"Não tenho como dizer como as coisas vão ser. Sou um cara de números. Penso nos números. Se os números para uma revanche com McGregor forem favoráveis, podemos fazer acontecer. Sei que sou o maior nome no MMA disparado. Sei disso. E o segundo maior nome é Conor McGregor. Tudo se trata de entretenimento", opinou o americano.

Para essa mudança de modalidades, Money já revelou que sabe que os seus conhecimentos com boxe não serão suficientes. Para garantir sua evolução de forma rápida, o americano receberá a ajuda de Tyron Woodley, atual campeão dos meio-médios (77 kg), para aprimorar o seu wrestling.

Em agosto passado, Floyd Mayweather nocauteou Conor McGregor em uma superluta de boxe e pendurou as luvas de maneira invicta depois de 50 confrontos. No entanto, ele nunca descartou a possibilidade de cancelar a aposentadoria. Mesmo fora dos rin","image":{"sizes":{"personalizado":"","original":"900x506"},"height":506,"width":900,"crops":"1x1;3x4;4x3;9x16;16x9;16x12;80x80;142x100;142x200;300x100;300x200;300x300;300x420;300x500;615x300;615x470;956x500;1024x768;1920x540;1920x1080;1920x1387","src":"http://conteudo.imguol.com.br/c/esporte/dd/2017/08/27/mayweather-acerta-o-rosto-de-mcgregor-1503810796240_v2_900x506.jpg","type":"","titulo":"Mayweather acerta o rosto de McGregor","credito":"Mark J. Rebilas/Reuters"},"date":"27.03.2018 13h24","kicker":"Ag. Fight"}}' cp-area='{"xs-sm":"49.88px","md-lg":"33.88px"}' config-name="esporte/esporte">

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!