Topo

Esporte

Promessa mexicana celebra vaga no UFC Chile: "Orgulho de ser uma das pioneiras"

Fabiana Mogollón

Ag. Fight

29/03/2018 10h00

Aos 24 anos de idade, a mexicana Alexa Grasso é considerada uma promessa do MMA mexicano com dez vitórias profissionais, duas delas pelo Ultimate. De combate marcado contra a campeã do TUF 23 Tatiana Suarez para o UFC Chile no próximo dia 19 de maio, a peso-palha comemora as conquistas da carreira e se diz orgulhosa sobre poder lutar na América Latina.

Em entrevista exclusiva à AG Fight, Grasso - que está no Chile para divulgar o evento - explicou que lutar em solo chileno é importante para dar confiança às outras mulheres latinas que almejam uma carreira no MMA, e declarou entusiasmo para se apresentar bem na capital do país: Santiago.

"É muito importante para mim. Me orgulho de ser uma das pioneiras latinas do esporte. Isto ajuda a mostrar às outras mulheres que nós podemos, e se trabalharmos duro por algo e nos dedicamos de verdade, isso pode acontecer. Só cheguei até aqui por causa de meus treinadores e minha família.  Estou muito feliz e orgulhosa pelo UFC ter me considerado para essa luta no Chile. A divulgação por aqui tem sido muito boa. Todos estão muito entusiasmados. Soube que já se esgotaram os ingressos em uma parte da arena.  Tudo é muito bonito por aqui. É a primeira vez que venho a este país e estou encantada", revelou.

Versada no boxe, Alexa não esconde que sua estratégia para enfrentar a adversária será buscar brechas para golpear Tatiana e tentar manter o combate em pé. Na opinião da mexicana, Tatiana tentará transferir a luta para o solo e implementar sua especialidade: o jiu-jitsu. Conforme destacou Grasso, esta diferença de estilos é o que tornará este confronto um dos mais empolgantes do evento.

"Esse combate é interessante porque eu e ela temos estilos muito diferentes. Ela vai tentar me derrubar e sabe que eu vou tentar golpeá-la. Acredito que esta será uma das lutas mais empolgantes da noite. Se vencer esta luta, quero continuar treinando duro e me preparar para a próxima. Não sei quando voltaria. Isso é decidido pelo UFC e meu empresário. Sempre que aparecer uma luta, estarei pronta para aceita-la", explicou a mexicana.

Em sua carreira pelo UFC, Alexa Grasso conquistou vitórias por decisão sobre Heather Jo Clark e Randa Markos, mas perdeu para Felice Herrig, também por decisão. Tatiana Suarez é invicta e possui duas vitórias no octógono, uma por finalização sobre Amanda Cooper e uma por decisão sobre Viviane 'Sucuri' Pereira.

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte