Topo

Esporte

Dana White aposta que doping não impedirá 'Canelo' x 'GGG' 2: "Muito dinheiro envolvido"

Ag. Fight

30/03/2018 14h17

Nos últimos dias, a possibilidade do adiamento da superluta entre Saul 'Canelo' e 'GGG' tomou conta do noticiário do mundo do boxe. Flagrado em um exame antidoping, o atleta mexicano agora luta para provar sua inocência, o que não deve ser tão difícil, ao menos na visão de Dana White, presidente do UFC.

Em entrevista ao site 'TMZ Sports', o cartola afirmou que não enxerga a possibilidade do combate ser cancelado alegando que existe grande interesse dos fãs em ver a luta, o que a torna interessante economicamente a ponto de impedir que algum fator externo a tire de jogo.

"Acho que pessoas ainda vão querer ver a luta. Se eu tivesse um ticket eu não pediria reembolso. Acho que vai , tem muita grana envolvida", narrou o dirigente.

O primeiro encontro entre os pugilista foi realizado em setembro de 2017, quando um polêmico empate foi decretado, o que garantiu o agendamento de uma revanche. No entanto, Canelo falhou em um exame antidoping fora do período de competição e agora corre contra o tempo para provar que foi vítima de uma intoxicação alimentar.

De acordo com a equipe do pugilista mexicano de 27 anos, a substância Clenbuterol - utilizada para cortar gordura do corpo e manter a densidade muscular - foi encontrada pelo consumo de carne bovina, caso que já foi registrado "dezenas de vezes" no país latino.

Através de um comunicado na época do resultado do exame ter se tornado público, Canelo rebateu o caso. "Sou um atleta que respeita o esporte e isso me surpreende e incomoda porque isso nunca aconteceu comigo. Vou submeter todos os resultados e testes necessários para esclarecer essa embaraçosa situação, e eu acredito que no final a verdade será revelada", declarou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte